Um grupo de orcas atacou esta terça-feira a embarcação de pesca de Setúbal Boa Estrela, danificou os fundos e destruiu o leme, mas os dois tripulantes escaparam ilesos, disse à agência Lusa o presidente da cooperativa de pesca Sesibal.

O incidente com a embarcação da Sesibal, Cooperativa de Pesca de Sesimbra, Setúbal e Sines, que andava na pesca de besugo, pescada e faneca, com rede e emalhar, ocorreu cerca das 06h00 e provocou o pânico entre os dois tripulantes”, disse Ricardo Santos.

“Este incidente, que ocorreu a cerca de três milhas náuticas a sul de Troia, é o primeiro com uma embarcação de Setúbal, mas este ano já houve, pelo menos, mais três casos com embarcações de Sesimbra, a par de outros que têm ocorrido na costa algarvia”, acrescentou o presidente da Sesibal.

Orcas destroem leme de veleiro ao largo do Cabo da Roca

Veleiro à deriva socorrido após contacto com orcas ao largo do Cabo da Roca

Segundo Ricardo Santos, os tripulantes entraram em pânico e durante algum tempo recearam que as orcas acabassem por virar a embarcação, atirando-os ao mar, mas a Boa Estrela acabou por conseguir chegar ao porto de Setúbal, rebocada por outra embarcação.

Tubarões na Figueira e orcas em Sines. Especialistas dizem que é normal, mas comportamento das orcas pode ser “muito preocupante”