O Spartak de Moscovo, de Rui Vitória, foi este domingo goleado na visita ao Zenit S. Petersburgo, por expressivo 7-1, ficando cada vez mais longe dos primeiros lugares no campeonato de futebol da Rússia, à 12.ª jornada.

Depois da derrota caseira, na quinta-feira, por 4-3 frente ao Leicester, na Liga Europa, em jogo no qual chegou a estar a ganhar por 2-0, o conjunto liderado pelo técnico português sofreu duro revés em casa do líder, que vinha de duas derrotas consecutivas na prova.

O avançado iraniano Sardar Azmoun inaugurou o marcador aos 21 minutos e voltou a faturar aos 36, o brasileiro Claudinho ampliou aos 28 e Andrey Mostovoy apontou aos 45+1 o 4-0 com que se chegou ao intervalo.

O holandês Quincy Promes ainda reduziu para 4-1, aos 54 minutos, dois antes de Mostovoy bisar. Aos 79, o defesa belga Maximiliano Caufriez cometeu penálti e foi expulso, por acumulação de cartões amarelos, e Artem Dzyuba fez o 6-1.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O pesadelo de Rui Vitória teve um derradeiro episódio, com Aleksandr Erokhin a fazer o sétimo golo, aos 88 minutos.

O Zenit lidera com 26 pontos, mais três do que o Dínamo e o CSKA, ambos de Moscovo, enquanto o Spartak de Rui Vitória é sétimo com 17.