Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Aconteceu com pompa e circunstância, aquelas que se esperam sempre quando se fala de Paris Hilton, que a socialite de 40 anos deu o nó com o empresário Carter Reum. A cerimónia oficial aconteceu esta quinta-feira, mas seguem-se mais dois dias de festa e um número considerável de modelitos.

Foi na grande quinta do falecido avô de Paris Hilton, Barron Hilton, em Bel-Air, que o casal oficializou o seu amor, envolto em extravagantes exposições florais cor de rosa na propriedade. Poucos detalhes ainda se conhecem sobre a cerimónia, mas sabe-se que Paris Hilton escolheu, para vestido principal do evento, um Oscar de la Renta branco trabalhado e bordado com flores, acompanhado de um véu em tule e brincos de diamantes. A socialite acabou por publicar no Instagram uma pequena amostra da criação com a legenda: “O meu para sempre começa agora…11/11”.

A cerimónia oficial terá continuidade esta sexta com uma espécie de carnaval no Santa Monica Pier em Los Angeles, e no sábado as celebrações vêm sob a forma de um baile black tie.

No episódio de quinta-feira do seu podcast “This is Paris”, Carter revelou que “definitivamente” seria um casamento saído de um conto de fadas. “Aquele primeiro beijo e aquele primeiro abraço e, como sempre dizemos, os choques elétricos que vão disparar entre nós — vou pensar em todas essas memórias”, confessou. Hilton, por sua vez, revelou que estava mais “nervosa” com a primeira dança. “Não tive um segundo livre”, explicou. “Tive aulas de dança duas vezes, é difícil”.

Paris Hilton já tinha levantado a ponta do véu sobre a cerimónia quando, em agosto, no The Tonight Show, de Jimmy Fallon, tinha dito que seria um acontecimento marcante. “Vai ser, tipo, uma festa de três dias”, disse. “Temos muita coisa a acontecer…Muitos vestidos, provavelmente uns dez. Eu adoro mudanças de roupa.”

E como tudo o que Paris toca fica longe da simplicidade, a socialite também teve direito a uma série documental “Paris in Love”. A série de 13 episódios estreou na quinta-feira no serviço de streaming Peacock e acompanha o caminho feito pelo casal — mas sobretudo pela noiva — desde o pedido de casamento até à dita cerimónia, com muitos preparativos pelo meio e até as respetivas despedidas de solteiro em Las Vegas, quebrando a máxima de deixar em Vegas o que por lá se passa.

“Queria que os fãs vissem que encontrei o meu príncipe encantado e que vissem o meu casamento de conto de fadas”, disse Hilton no programa de Jimmy Fallon.

E uma cerimónia como esta merecia também um leque de convidados de peso, como foi o caso de Paula Abdul, Emma Roberts, Stacey Bendet, Rachel Zoe,  Kim Kardashian West ou Kyle Richards.

Carter pediu Paris Hilton em casamento em fevereiro, depois de um ano de namoro, com um anel desenhado por Jean Dousset, bisneto de Louis Cartier, no valor de cerca de três milhões de dólares. “Estou ansiosa por este novo capítulo e por ter um parceiro que me apoia tanto” disse Hilton à Vogue na altura. “A nossa relação é entre iguais. Fazemos um do outro melhores pessoas. A espera valeu a pena!”.

Durante um episódio de “The Trend Report With Mara Schiavocampo”, Hilton revelou que ela e Carter já se conheciam há 15 anos mas nunca surgiu nada romântico até terem passado o Dia de Ação de Graças juntos em 2019. “Começámos agora a falar, ele recebeu o meu número de telefone e estávamos a namoriscar nesse dia”, recordou. “Voltámos para jantar nessa noite. Acabei de ver como ele era querido com a sua mãe, estávamos a falar mais e eu apenas senti, tipo, esta ligação espantosa. E depois tivemos o nosso primeiro beijo, e depois o nosso primeiro encontro duas noites mais tarde e depois ficámos literalmente inseparáveis desde então.”

Fritar bacon com um ferro de engomar e fazer lasanha com luvas de ciclismo: os momentos históricos de Paris Hilton na cozinha

Paris já esteve noiva várias vezes, a última foi em 2018 quando aceitou o pedido de casamento do ator Chris Zylka, em 2005 com o produtor Paris Latsis e em 2002 com o modelo Jason Shaw.