Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não vai cumprir pena efetiva, nem por isso deixa de ver envolvido o seu nome neste caso: Karim Benzema, avançado internacional do Real e internacional, foi considerado culpado pelo Tribunal de Versalhes no processo da “sex tape” do ex-companheiro Mathieu Valbuena por “cumplicidade da intenção de chantagem”.

Benzema detido no âmbito do caso de extorsão a Valbuena

De acordo com a sentença conhecida esta quarta-feira, o juiz entendeu que o francês não se deu conta do caráter criminal dos seus atos, ficando por isso com um ano de pena suspensa quando a acusação pedia pelo menos dez meses. O jogador hoje com 33 anos terá ainda de pagar uma multa de 75.000 euros.

O caso aconteceu ainda no ano de 2015, altura em que Benzema e Valbuena, extremo que joga hoje na Grécia pelo Olympiacos e que na altura foi contratado pelo Lyon ao Dínamo Moscovo após oito anos no Marselha, eram companheiros de seleção e tinham uma relação mais próxima nas concentrações dos bleus.

Benzema contradiz-se: afinal, nunca viu o vídeo de Valbuena

Valbuena pediu nessa altura às figuras chave do processo, Axel Angot e Mustapha Zouaoui, para passarem alguns conteúdos do seu telefone para outro disco, sendo que nesse processo perceberam que o jogador tinha algumas gravações de conteúdo sexual e terão chantageado o internacional para pagar para que as mesmas não fossem reveladas publicamente. Foi nesse momento que, perante a recusa de Valbuena, contactaram um amigo de infância de Benzema no sentido de fazerem ver que seria melhor resolver o assunto.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Conversámos durante muito tempo. Eu precisava e ele precisava”. Quase seis anos depois, Benzema está de volta à seleção francesa

O avançado falou com Valbuena, o que fez com que o antigo companheiro considerasse que também estava no grupo que tentava fazer chantagem com os conteúdos em causa. Já Benzema alegou sempre que queria apenas ajudar Valbuena sem que com isso estivesse envolvido ou quisesse provocar algum dano mas acabou condenado por ter tentado explicar ao amigo, Karim Zenati, a melhor forma de levar Valbuena a pagar aquilo que estava a ser pedido para que os vídeos não fossem revelados em termos públicos.