Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Cinema americano no São Jorge

Avenida da Liberdade, 175 (Lisboa). Bilheteira: 21 310 34 00. Sábado e domingo, sessões às 19h e às 21h30. Bilhetes: 4,50€

Para ver filmes fora da caixa: se é amante da sétima arte à margem dos blockbusters, saiba que o São Jorge tem o programa ideal. A primeira edição do ciclo Outsiders – Cinema Independente Americano apresenta uma seleção de 22 filmes de realizadores independentes, produzidos nos Estados Unidos, entre 2006 e 2020, alguns deles premiados e nunca antes exibidos em Portugal. A coprodução inclui  14 longas-metragens e oito curtas que, na sua maioria, envolvem produções de baixo custo, gravação em vídeo digital ou diálogos improvisados, apresentando um olhar particular sobre a vida contemporânea dos jovens adultos americanos. “Sun Don’t Sunshine” e “The Mend” são alguns exemplos do que pode ver estes fim de semana.

O São Jorge abre as portas ao cinema independente americano com duas sessões diárias e histórias para todos os gostos

Chefs convidados no Espaço Musa Virtudes

Passeio das Virtudes, 28 (Porto). Tel.: 91 441 7950. Sábado e domingo, das 14h às 00h

Para comer à mão novidades com assinatura: o novo espaço da cerveja Musa no Porto vai receber este fim de semana três chefs convidados para um menu desenhado a dez mãos. Ana Leoa junta-se a Zé Paula Rocha, do restaurante O Velho Eurico, em Lisboa, a João Faria, do projeto Menu Executivo, e a dupla de alentejanos do Craveiral Farmtable, Miguel Cerqueira e Gonçalo Preto.  Couve flor assada com labneh de tangerina e frutos secos, sande de rojão com pickles, sande de lulas estufadas com aros de cebola, pastel de borrego, bola de Berlim com creme de ovo e miso ou baba de camelo são apenas alguns exemplos do que pode provar. Há 15 torneiras de cerveja para regar o repasto e uma vista privilegiada sobre o rio Douro para garantir boas fotografias para o Instagram.

A chef Ana Leoa convidou quatro amigos para cozinha com ela e o resultado é para comer à mão e, claro, lamber os dedos

Novidades na Queijaria Portuguesa

Praça do Bom Sucesso, 74 (Porto). Tel.: 924 499 714. Segunda a domingo, das 10h às 23h

Para esquecer as calorias com um bom queijo: o Mercado do Bom Sucesso, na zona da Boavista, foi recentemente renovado e merece uma paragem obrigatória, principalmente para quem não consegue resistir a queijos ou enchidos. É na banca da Queijaria Portuguesa que vai poder encontrar queijos da Serra DOP ou enchidos de porco preto em tábuas partilhar à mesa. Há cabazes com produtos selecionados pela casa para oferecer, vinhos nacionais para harmonizar cada dentada e uma novidade: as raclettes com cebola roxa caramelizada, tomate seco e orégãos e presunto desidratado. Há funcionários especializados no corte manual do presunto e saiba que este menino tem 36 meses de cura, o que lhe garante o sabor e a textura ideais.

Derretido nas tostas ou cru em cima de tábuas, os queijos deste mercado aconchegam o estômago a qualquer hora do dia

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Christmas Wine Experience

Rua de Choupelo (Vila Nova de Gaia). Tel.: 22 013 3100. Sábado e domingo, das 15h às 20h. Bilhete diário: 80 euros

Para ser um especialista em vinhos: já é quase tradição que umas semanas antes do Natal o hotel The Yeatman junte num só evento vinhos, gastronomia, música e animação. Na 10.ª edição do Christmas Wine Experiencie estarão presentes 100 produtores nacionais, a apresentar as sugestões para esta época festiva, 200 vinhos em prova, petiscos famosos na cidade, como os cachorrinhos do Gazela ou as sandes de leitão de Agostinho Vidal, buffett de queijos e enchidos, chocolates, bombons, trufas e outras iguarias confecionadas pelos chefe estrelado da casa, Ricardo Costa, que no domingo irá também comandar uma masterclass exclusiva em formato showcooking com elaboração de quatro pratos, processos de harmonização de vinhos e escolha de ingredientes. Os visitantes poderão ainda brindar ao som de um Dj, explorar a premiada garrafeira do The Yeatman, que estará aberta a todos os participantes, e visitar o bazar de Natal, onde estarão expostas várias sugestões de presentes.

Durante dois dias o vinho português é rei numa experiência que junta também a gastronomia de um chef Michelin e um vista sobre o Porto fotogénica

Bar Quattro Teste

Rua de São Cristóvão, 32 (Lisboa). Terça a sábado, das 17h às 02h

Para misturar duas nacionalidades num só brinde: este novo bar na Mouraria junta o país Basco e Itália numa carta de bebidas e opções gastronómicas, capazes de agradar a vários paladares. Há cocktails de autor, reinterpretações de verdadeiros clássicos, sidras bascas, uma delas servida diretamente da pipa, e algumas sugestões sem álcool. Para picar conte com produtos de raiz basca e italiana em pintxos tradicionais ou opções vegan e vegetarianas, tudo com assinatura da chef brasileira Clara Uchôa. Escabeche de carapau com pimento assado e rúcula, mil-folhas de batata, picles de curgete e tapenade, ravioli de abóbora com cebola e amêndoa, croquetes de presunto ibérico, grana padano, ovo de codorniz e vinagrete de pistácio, polenta e gnocco frito com molho de queijo gorgonzola, tortilla, beringela à Parmigiana e lasanha são apenas alguns exemplos para abrir o apetite.

O novo bar lisboeta junta o melhor de duas nacionalidades, espanhola e italiana, em cocktails e petiscos

ModaLisboa Pop Up Store

Rua do Arsenal, 25 (Lisboa). Terça-feira a sábado, das 12h às 20h

Para comprar português: Luís Carvalho, Carolina Machado, Nuno Baltazar, Luís Buchinho, Beatriz Jardinha ou Dino Alves são alguns dos 16 designers de moda que têm lugar cativo nesta loja temporária. Há vestuário, acessórios e arte, de criadores e artesãos com pequenos negócios, com a curadoria da Associação ModaLisboa, e pelos charriots há centenas de peças que vão desde as coleções mais recentes ao arquivo de algumas das marcas e designers. A iniciativa que pretende incentivar o consumo consciente, responsável e sustentável, fazer uma vénia ao comércio local e, claro, assegurar presentes natalícios diferentes e cheios de pinta. O espaço está de portas abertas até ao dia 18, um sábado.

As peças do designer Luís Carvalho estão à venda nesta loja temporária com a curadoria da ModaLisboa

“O Anel do Unicórnio, uma ópera em miniatura”

Calçada da Ajuda, 80 – Teatro Luís de Camões (Lisboa). Sábado e domingo, às 16h30. Reservas: 21 593 9100. Bilhetes: entre os 3 e os 7 euros.

Para levar os miúdos à ópera: quando uma criança ouve falar em ópera nem sempre esboça um sorriso, mas isso pode mudar. Até domingo, 19 de dezembro, o Teatro Luís de Camões conta a história de Pedro Patê, um filho de dois cantores que vive aborrecido por ouvir ininterruptamente árias, cavatinas, intermezzos e afins, sonha com a possibilidade de vir a ser ilusionista e descobrir o truque que roube as cantorias das bocas da sua família. Um dia perde o seu gato de estimação e descobre que na ópera, como na vida, não limites para o imprevisto. Encenada por Ricardo Neves-Neves e com música a cargo do maestro Martim Sousa Tavares, a peça pode ser vista por crianças a partir dos seis anos.

Uma espetáculo que prova que ópera também pode agradar aos mais novos

Maria de Lourdes Modesto no JNcQOI

Avenida da Liberdade, 182 (Lisboa). Tel.: 21 936 9900. Exposição: sábado e domingo das 12h às 00h com entrada gratuita. Livro disponível por 230€

Para conhecer melhor a diva da gastronomia portuguesa: um dos restaurantes mais icónicos da Lisboa decidiu homenagear Maria de Lourdes Modesto, autora do livro de culinária mais vendido em Portugal, “Cozinha Tradicional Portuguesa”, editado em 1982. A escultora Alexandra Albergaria esculpiu em açúcar os 29 pratos mais emblemáticos da autora expostas numa mostra que ocupa os dois pisos do restaurante, pode ainda comprar um livro de edição limitada editada por Patrícia Reis sobre a gastrónoma, cujo valor reverte na totalidade para a Associação Cáritas. Na carta do JNcQUOI Avenida foi ainda incluída uma seleção das 12 receitas mais famosas de Maria de Lourdes Modesto, confecionadas pelo chef da casa, António Bóia, que podem ser degustadas todos os dias.

Maria de Lourdes Modesto é considerada a diva da gastronomia portuguesa e algumas das suas receitas foram esculpidas a açúcar

“Arquivo Presente do Porto”

Rua da Arménia, 10 – Auditório Grupo Musical de Miragaia (Porto). Sábado, às 19h30; domingo, às 17h e às 21h30; segunda-feira, às 21h30. Entrada: gratuita

Para conhecer o Porto com outra perspetiva: à boleia do programa “Cultura em Expansão”, a atriz e encenadora Rita Morais partiu numa investigação sobre a atividade teatral do Porto, depois de o ter feito em Guimarães, e debruçou-se sobre o tecido artístico da cidade. O ponto de partida foi uma série de encontros-jantares entre artistas portuenses contemporâneos que servem de mote e inspiração para este espetáculo, uma ficção assente na relação entre o entre o artista e a sociedade, o passado e o futuro de uma cidade, e inevitavelmente entre a mesa e o palco. A interpretação fica a cargo de Alexandre Sá, Célia Fechas, Diana Sá e Teresa Coutinho e peça tem a duração de uma hora.

Conhecer o tecido artístico do Porto através do teatro é o mote da última criação de Rita Morais

MyCloma Fest

Rua Passos Manuel, 44 (Porto). Sábado, das 11h às 21h, e domingo, das 10h às 20h. Entrada: gratuita

Para comprar de forma sustentável: a plataforma online My Cloma, criada no ano passado por cinco jovens portugueses que propõe a venda de roupa usada e a sua recolha com o intuito de reduzir a pegada ecológica no setor têxtil, vai organizar um mercado temporário inspirado nesta época festiva. Pelas salas do Ateneu Comercial do Porto haverá roupa, sapatos e acessórios em segunda mão para mulher e crianças, até aos quatro anos, produtos livres de plásticos, saboaria e cosmética natural, cerâmica, decoração, difusores ecológicos artesanais, ilustrações e impressões manuais. Não faltarão brigadeiros gourmet, produtos de mercearia e cervejas artesanais, mas também uma visita do Pai Natal para animar os mais novos e um concerto de jazz com Alexandre Curopos e André Soares para aplaudir enquanto faz compras.

O Ateneu Comercial do Porto vai receber um mercado sustentável com espírito natalício

Concerto Mallu Magalhães

Campo Pequeno (Lisboa). Sexta-feira, às 21h30. Bilhetes: entre os 20 e os 35 euros

Para ouvir um pouco de esperança: depois de “Pitanga” (2011) e “Vem” (2017), a cantora e compositora brasileira apresenta “Esperança”, o seu mais recente álbum, numa das maiores salas de espetáculo do país.  O novo trabalho da paulista com apenas 28 anos contou com a produção do norte-americano Mario Caldato Jr, que já colaborou com nomes como Beastie Boys, Jack Johnson ou Marisa Monte, e dele fazem parte temas como “America Latina”, “Quero Quero” e mais recentemente “Pé de Elefante”, em que também assina a realização. “Velha e Louca”, “Sambinha Bom” e o primeiro grande clássico “Tchubaruba” assumem-se com momentos obrigatórios nas suas atuações ao vivo.

Mallu Magalhães apresenta o seu mais recente trabalho num concerto no Campo Pequeno, em Lisboa

Nova carta do Noshi

Rua do Carmo, 11 (Porto). Tel.: 22 205 3034. Quarta-feira a domingo, das 9h às 19h

Para quem gosta de comer saudável: o Noshi lançou uma carta de produção caseira com opções vegan, glúten free e sem açúcar e, claro, a combinar com os dias mais frios. Para o pequeno-almoço ou lanche conte com papas de aveia feitas com leite de soja, pepitas de chocolate, manteiga de amendoim, banana, frutos vermelhos, bagas goji e xarope de agave ou ovos selvagens, uma combinação de ovos mexidos com cogumelos, queijo feta, abacate, tomate masala, pão tostado e salada. Para partilhar há uma nova focaccia, bolonhesa vegan, lasanha recheada de cogumelos e nozes, queijo vegan e salada, francesinha feita com queijo vegan, fiambre de perú, salsicha de aves e molho de caju ou tacos com recheios de frango, pasta de abacate com malagueta, cebola, alface e lima ou salmão com queijo mozzarela. Para regar a refeição sem culpa peça uma kombucha de frutos vermelhos ou um café de especialidade acabado de fazer e para final deixe o fondant de matcha com caramelo de miso, nozes e gelado de coco, o chocolate quente belga sem açúcar.

Da cozinha do Noshi saem agora tacos com vários recheios para comer sozinho ou para partilhar

“Nunca mais é sábado” é uma rubrica que reúne as melhores sugestões para aproveitar o fim de semana.