Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

As emoções fazem parte do desenvolvimento da criança, constituindo parte fundamental no processo de aprendizagem. A escola é um lugar privilegiado para promover e cuidar das emoções. É preciso que a preocupação em ter crianças felizes na escola não seja descorada face aos níveis de preocupação com os resultados académicos. Para isso, a escola deve promover atividades que compatibilizem as emoções e as cognições. A relação das emoções com a aprendizagem é de grande cumplicidade e daí a necessidade de uma implicação recíproca.

É, de resto, sabido que muitas crianças, devido ao stress provocado pela escola, tendem a sofrer de problemas emocionais, como ansiedade, depressão, desmotivação e baixa autoestima, prejudicando o seu rendimento escolar.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.