Cuidados Paliativos

Doentes de cuidados paliativos vão deixar de pagar taxas moderadoras

Os doentes que precisem de cuidados paliativos vão deixar de pagar taxas moderadoras por estes serviços, anunciou esta quarta-feira o Governo.

O Ministério da Saúde produziu um despacho que isenta de pagamento de taxas moderadoras o transporte destes doentes.

MÁRIO CRUZ/LUSA

Os doentes que precisem de cuidados paliativos vão deixar de pagar taxas moderadoras por estes serviços, anunciou esta quarta-feira o Governo.

A informação foi avançada aos jornalistas pelo secretário de Estado da Saúde, Fernando Araújo, à margem da apresentação do Relatório de Primavera 2017 do Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS).

Esta medida, que está a ser ultimada, é uma das que o Ministério da Saúde vai concretizar para minimizar as dificuldades no acesso aos serviços de saúde detetadas pelos autores do relatório.

Fernando Araújo reconhece estas dificuldades e garantiu que o Ministério está empenhado em combatê-las.

A este propósito, anunciou que os doentes que precisem de cuidados paliativos vão deixar de pagar taxar moderadoras.

Recentemente, o Ministério da Saúde produziu um despacho que isenta de pagamento de taxas moderadoras o transporte destes doentes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Cuidados Paliativos

Os meus doentes são uns heróis

Edna Gonçalves
1.746

Para atender adequadamente os doentes em fim de vida não basta a reforma do SNS, é também fundamental a reforma na Segurança Social que permita suportar algumas das despesas com os cuidados paliativos

Três Parágrafos

Se não há nada a fazer, mata-me!

Laurinda Alves
5.102

O debate sobre a eutanásia promete ser aceso, mas não pode passar ao lado de uma realidade ainda mais urgente e fracturante: se todos temos cuidados ao nascer, também temos que ter cuidados ao morrer

Aquecimento Global

Salvem-nos dos salvadores do mundo

Paulo Tunhas

Na controvérsia sobre o chamado aquecimento global, a dimensão científica e a dimensão política quase se confundem. Há uma passionalidade extrema que vicia a discussão de forma muito notória.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site