Assédio Sexual

Bollywood: o assédio sexual também é um segredo mal escondido no cinema indiano

Duas atrizes de Bollywood denunciam aquilo que já conhecíamos, mas em Hollywood: uma cultura misógina e de assédio sexual. As histórias são as mesmas, mas do outro lado do mundo.

Swara Bhaskar é uma das atrizes mais conhecidas de Bollywood

A onda de acusações de assédio sexual abalou os Estados Unidos. Harvey Weinstein, Kevin Spacey e Dustin Hoffman são os nomes mais sonantes de um escândalo de décadas – mal escondido nos corredores de Hollywood. Mas parece que a conduta imprópria não é exclusiva dos norte-americanos. Em Bollywood, na Índia, a maior produtora de filmes do mundo, o assédio sexual também é uma história antiga.

Reena Saini e Swara Bhaskar são duas jovens atrizes de Bollywood. Mas antes de chegarem ao topo do cinema indiano, passaram por castings, reuniões e encontros com realizadores. O The Guardian ouviu as histórias das duas mulheres e pintou um cenário que já vimos noutro lado.

Reena conta que, com 26 anos, foi apalpada por um realizador no carro dele – enquanto o sobrinho menor do cineasta seguia no banco de trás. O carro parou num semáforo e a rapariga fugiu. Sohan Thakur, o realizador telefonou-lhe de imediato: “Se contares isto a alguém, vais ser tu contra a indústria. As pessoas não te vão ver como a boa menina”, disse. Contou. Foi processada por difamação.

Já Swara é agora uma atriz sem nada a provar, vencedora de diversos prémios e um verdadeiro ícone do cinema indiano. Mas quando integrou o seu primeiro filme, o realizador enviava-lhe centenas de mensagens por dia. Pedia encontros a dois, dizia que tinha de se apaixonar pela personagem dela e queria insistentemente discutir uma cena de sexo.

Foi quando percebi porque é que antigamente as atrizes costumavam levar as mães para as gravações”, afirma Swara Bhaskar.

As duas atrizes apresentam testemunhos de uma cultura misógina e sexista, em que, tal como diz Swara Bhaskar, “dizem-nos que existem 10 mil raparigas para um papel, o que é que é suposto fazermos?”. O “sofá do casting”, como lhe chamam, não é um problema novo e é o segredo mal escondido de Bollywood.

“Já perdi papéis. Eu sei que há realizadores que não me ligam porque eu não entro neste tipo de relações”, diz Swara Bhaskar.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Alimentação

A gula do sr. ministro

José Miguel Pinto dos Santos

Se a “alimentação saudável” é objetivo prioritário do Estado, porque é a medida restrita aos hospitais? Porque não proporcionar as suas vantagens também a todo o funcionalismo público e aos deputados?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site