Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Deutsche Bank vai realizar um aumento de capital de oito mil milhões de euros e quer acelerar a estratégia de crescimento. Deste valor total, 1,75 mil milhões de euros corresponde a direitos de subscrição da família real do Qatar, que ficou com cerca de 60 milhões de acções a 29,20 euros por título, revelou o banco em comunicado.

“Estamos comprometidos com a nossa estratégia para 2015 e os nossos resultados comprovam isso mesmo. O pacote de medidas que estamos a anunciar representa uma resposta decisiva para os desafios e oportunidades que estão a decorrer em todo o ambiente macro-económico, competitivo e regulatório”, anunciaram os copresidentes, Jürgen Fitschen e Anshu Jain, no comunicado.

O principal banco alemão espera emitir ainda 300 milhões de novas acções. Até março, o Deutsche Bank registou um lucro líquido de pouco mais de 1,1  mil milhões de euros, menos 34% do que no mesmo período de 2013, devido à necessidade de constituir provisões e à queda de receitas na banca de investimento, segundo a Lusa.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR