João Moreira Rato, atual presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), poderá ser o novo administrador financeiro do Banco Espírito Santo (BES), segundo avançou esta tarde a SIC Notícias. Moreira Rato terá sido o nome proposto pelos principais acionistas do BES (Espírito Santo Financial Group e Crédit Agricole) para suceder a Amílcar Morais Pires, nome chumbado pelo Banco de Portugal (BdP), por ser muito próximo da família Espírito Santo.

Antes de ter sido escolhido pelo Governo para liderar o IGCP em abril de 2012, João Moreira Rato era diretor-executivo no banco internacional de investimento Morgan Stanley. Nos últimos dois anos, João Moreira Rato foi responsável pelas operações de colocação de dívida no mercado e tem vindo a preparar o regresso de Portugal aos mercados financeiros.

O futuro administrador financeiro do BES já esteve em outros bancos de investimento, como o Goldman Sachs e o Lehman Brothers, e integrou também a Plataforma para o Crescimento Sustentável, um centro de estudos português que, segundo a sua página na Internet, contribui “ativamente para o aprofundamento da construção europeia, para a capacitação dos países em vias de desenvolvimento e para a promoção de uma globalização inclusiva e sustentável”.