Cantorias, contar objetos e descobrir de onde são as matrículas dos carros estrangeiros com quem nos cruzávamos. Fizemos tudo isso quando éramos pequenos, mas esses são tempos idos. Calma, mães e pais, a tecnologia continua a chegar em vosso auxílio. O Guardian elaborou uma lista de aplicações disponíveis para Android e iOS para serenar as viagens em família. Como o único senão é a língua, o Observador decidiu intrometer-se. Pediu ajuda à Pumpkin, uma startup criada por uma família para ajudar outras famílias. No respetivo site estão sugestões de programas para pais e filhos, entre outras informações úteis, tal como uma lista de apps destinada a fazer as delícias dos mais novos. Vamos a isso?

BEBOPS (gratuito) – A app portuguesa, criada pela Lisbon Labs, deixa os mais novos tocar com “a banda mais fixe da cidade”. À criança é permitida criar infinitas combinações musicais, bem como vários tipos de melodias. Ao todo, são 20 músicos, cada um com os seus sons e movimentos.

Super Heróis da Matemática (1.79€) – Também da Lisbon Labs. Trata-se de um aplicativo de origem nacional que ensina matemática às crianças enquanto estas se divertem com dezenas de jogos educativos.

O Circo Mágico da Bita (gratuito) – Um circo mágico, malabaristas e palhaços. É preciso mais? Nesta app a miudagem pode interagir com diferentes personagens e entrar num universo encantado. A narração é feita em português, o que facilita o seu uso, e a ideia é estimular a criatividade e leitura dos pequenos.

ABC do Sapo (gratuito) – Entreter os filhos enquanto estes aprendem o abecedário. Soa bem? Permite conhecer o nome e o som das letras, além da descoberta de novas palavras. É recomendada para crianças entre os 2 e os 6 anos, e foi aprovada por um professor do ensino pré-escolar.

Museu da Marioneta (gratuito) – Contém toda a informação sobre o respetivo museu: é possível ficar a conhecer as coleções, ouvir os áudio-guias e saber mais sobre o espaço do Convento das Bernardas, bem como do bairro da Madragoa.

Guia & Jogo do Museu Nacional dos Coches (gratuito) – Ao todo, são 15 pontos de interesse com histórias, factos curiosos, animações e questões que prometem desafiar o intelecto dos mais pequenos.

Desenhar – Aprender, Colorir, Decorar (1.48€) – O mote é desenhar livremente: letras, números e formas. Mas também colorir ilustrações originais e decorar fotografias.

PieQuest (1.48€) – Um jogo de matemática e de puzzles, para crianças dos 3 aos 12 anos. O objetivo é divertir os filhos enquanto estes melhoram as suas habilidades aritméticas: cada vez que dão uma resposta certa, uma peça do puzzle é desvendada.

Frozen Free Fall (gratuito) – Para fãs incontestáveis do último filme de animação da Disney, Frozen. Um puzzle épico e uma aventura na companhia das personagens principais, Anna e Elsa, no reino mágico de Arendelle.

Dinosaur Mix (2.69€) – Permite à pequenada construir peça a peça o corpo de dinossauros. Depois é só vê-lo a ganhar vida, procurar comida para o pobre esfomeado e conduzi-lo por florestas e planícies vulcânicas a dentro.

Marvel Origins (gratuito) – Esta é para meninos mais velhos — e porque não adultos? –, mas não deixa de ser uma delícia. As histórias dos super-heróis da Marvel à distância de um clique.

Mini Zoo (2.99€) – Animais desenhados à mão, danados para a brincadeira, e músicas para cada um. A descrição da aplicação garante que é diversão para todas as idades.

Ruca – PlayWorld Ruca o Herói (gratuito) – Acompanhar o Ruca em cinco papeis diferentes é coisa para ser uma barrigada de felicidade durante a viagem — polícia, bombeiro, pedreiro, astronauta e veterinário. Quem sabe, talvez a pequenada descubra a sua vocação.

Bob, o construtorBob the Builder’s Playtime Fun (2.69€) – Este é outro clássico que delicia a garotada. Em princípio deve chegar…

Disney Junior Play (gratuito) – No mundo encantado da Disney os mais pequenos podem vestir princesas, construir puzzles e jogar outros jogos.