Que a rainha vai ter um bisneto, e George um irmão, já se sabia. O anúncio foi feito no início de setembro pela casa real britânica, depois de meses de especulação sobre a segunda gravidez de Kate Middleton. Mas há mais rumores que carecem de confirmação, isto porque a duquesa de Cambridge estará grávida de 10 semanas. Fazendo as contas, o segundo filho (ou filha) poderá chegar em abril de 2015.

Quem avança com a informação é o E! News, citado pela Ok!. Ao respetivo meio de comunicação, uma fonte contou: “Eles estão muito entusiasmados que o George vá ter um irmão, ou irmã, mais novo no próximo mês de abril e a Kate está corajosamente a lutar para ultrapassar esta fase de mal-estar com a orientação dos médicos do palácio”. Apesar disto, não existe uma data oficial para o nascimento do bebé de sangue azul.

Os enjoos matinais de Kate têm sido notícia nos últimos dias, até porque esta cancelou um compromisso real em Malta por sugestão médica — no entanto, a Clarence House publicou um tweetesta sexta-feira, a confirmar a visita do duque de Cambridge ao mesmo país, no dia 20 e 21 de setembro. Já antes, a duquesa viu-se forçada a não participar em diversos eventos reais, incluindo aquele desportivo cuja organização tem o dedo do cunhado, o príncipe Harry. Falamos, pois, do Invictus Games.

A duquesa está a passar mal devido a Hyperemesis Gravidarum, uma condição médica que faz com que os constantes enjoos e má disposição possam levar à desidratação da grávida e a severa perda de peso. Por esse motivo, o casal teve de anunciar a gravidez mais cedo do que o desejado, explica a Ok!.

Ainda no início de setembro, o Observador escrevia que o Palácio de Kensington, residência oficial de Kate e William, dizia em comunicado que as duas famílias, incluindo Isabel II, estavam “encantados” com a vinda desta criança.