Ryoo Kihl-Jae, que falava num programa televisivo, citou Kim Yang-Gon dizendo: “Não há nada de errado com a saúde do secretário Kim”.

Kim Yang Gon viajou para Incheon, com outros dois dignitários da Coreia do Norte — Hwang Pyong So e Choe Ryong Hae — para participar da cerimónia de encerramento dos Jogos Asiáticos.

O facto de Kim Jong-un não ser visto em público desde o início de setembro provocou uma série de rumores sobre a sua saúde.

A própria televisão estatal norte-coreana noticiou, na semana passada, que o líder norte-coreano tinha um problema físico, mas sem especificar, segundo a agência Radiopress do Japão.

A agência nipónica especializada em informação sobre a Coreia do Norte publicou a informação com base numa peça emitida na véspera pela KCTV, a qual incluía imagens em que Kim Jong-un aparecia a coxear ligeiramente durante uma ocasião pública.