Francisco Ribeiro de Menezes deixa, a 15 de outubro, o cargo de chefe de gabinete de Pedro Passos Coelho em S. Bento, sendo substituído por Gilberto Jerónimo, que é atualmente assessor diplomático do primeiro-ministro.

Diplomata de carreira, Ribeiro de Menezes vai assumir o cargo de embaixador de Portugal em Madrid, em novembro. A futura assessora diplomática de Passos será Virgínia Pina, de 45 anos, também diplomata de carreira e que estava colocada na Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia (Reper), em Bruxelas.

Gilberto Jerónimo, de 42 anos, desempenhava, desde fevereiro de 2013, as funções de assessor diplomático do primeiro-ministro. Já foi chefe de gabinete na secretaria de Estado Adjunta e dos Assuntos Europeus, esteve colocado na embaixada de Portugal em Paris, entre 2000 e 2004, e na delegação de Portugal junto da NATO, em Bruxelas, entre 2008 e 2012. Foi, ainda, adjunto do Ministro dos Negócios Estrangeiros António Monteiro (2004-2005) e do secretário de Estado da Defesa Nacional e dos Assuntos do Mar (2006-2008). Em 2005, esteve colocado no Escritório do Alto Representante das Nações Unidas para as eleições na Costa do Marfim, tendo participado em missões de observação eleitoral, como na Croácia e no Cambodja.