O regresso do menu Iniciar, a transversalidade entre diferentes dispositivos, aplicações multiplataforma, alternância entre a interface desktop e o display touchscreen, são muitas as novidades que a Microsoft preparou para o Windows 10. A empresa disponibilizou gratuitamente a versão para testes (até dia 15 de abril, com uma versão em português do Brasil), para que o público possa experimentar as suas novas funções.

Segundo um comunicado da Microsoft, mais de um milhão de utilizadores já instalaram o novo sistema operativo e que a empresa já recebeu mais de 200 mil mensagens com opiniões diretas do público. Será um indício de uma boa receção do Windows 10?

Além das novidades já apresentadas, alguns utilizadores encontraram funcionalidades que não foram anunciadas pela empresa e que representam melhorias em relação à usabilidade do Windows 8.1. Os sites LifeHacker, DailyDot e The Verge compilaram estas novidades e o Observador escolheu algumas das principais.

1) O Command Prompt finalmente ganhou o Ctrl C + Ctrl V

bjmcjaegywuanjup0m0p

Fonte: theverge.com

 

Os utilizadores mais avançados sempre questionaram qual seria o futuro do “Command Prompt”, um recurso do Windows que fornece um ponto de entrada para digitar comandos do MS DOS (Sistema Operacional de Disco da Microsoft) no computador.

Entre as novidades que o Windows 1o traz estão a possibilidade do uso do Ctrl C e Ctrl V para a cópia de texto, a alteração da opacidade e transparência do Command Prompt e o ajuste dinâmico do texto de acordo com a largura da janela. Para ativar estas funcionalidades, é necessário ir às propriedades do Command Prompt e selecionar no separador “Experimental” a opção para atalhos.

2) A nova central de notificações

Para os programadores era importante saber como funcionaria o novo sistema de notificações no Windows 1o, para que pudessem construir aplicações com esta especificação em vista. Entretanto, a espera terá de ser um pouco maior: na versão de testes notam-se pequenas diferenças em relação às versões anteriores. Há mudanças na posição e no tamanho da notificação: os ficheiros importados para o DropBox, por exemplo, aparecem agora num retângulo maior no canto superior direito do ecrã. Espera-se que na versão final o caminho seja o mesmo para outros programas, com um centro de notificação na barra de tarefas a reunir todos os alertas com o nome do aplicativo e um resumo da notificação. O site Neowin adianta que é provável que empresas como o Facebook e o Twitter estejam já a testar estas novas características.

O blog WinFuture avança o que podemos esperar das notificações neste vídeo:

3) O novo explorador de ficheiros

Imagine se ao entrar no explorador de ficheiros fosse possível ver uma lista de todos os documentos e pastas disponíveis, bem como a lista dos utilizadores com que contacta com mais frequência atualizada dinamicamente? Sim, agora é possível. Esta função já estava presente (de maneira discreta) em versões anteriores do Windows, mas agora substitui a lista estática de drivers e pastas do sistema.

A esta funcionalidade soma-se o histórico de atualizações de um ficheiro no separador “Propriedades”, que contém todas as alterações realizadas naquele documento desde a sua criação.

4) O poder do Win + Tab

http://az648995.vo.msecnd.net/win/2014/09/Tech-Preview_Virtual-desktop.png

A tecla de atalho Win + Tab funciona como uma versão global do Alt + Tab: ao invés de alternar entre diferentes aplicações, a nova combinação permite saltar de um ambiente de trabalho para outro, dando mais poder a uma das principais novidades do Windows 10: as multitarefas. Também é possível alternar entre desktops de maneira direcionada com o Win + Tab + Direita e Win + Tab + Esquerda.

5) O Reciclagem sai (finalmente) do lugar

n6siupi7c5cs9jnvvxrw

Fonte: theverge.com

Há alguns tutoriais na internet que ensinam como colocar a “reciclagem” no menu principal ou na barra de tarefas, mas o trabalho é lento e envolve uma série de etapas, que envolve desde a criação do atalho no explorador de ficheiros à escolha manual do ícone. No Windows 10, esta opção estará disponível apenas clicando com o botão direito do rato. Também é possível posicioná-lo no menu Iniciar a partir da opção “Pin to Start” com o mesmo procedimento.

6) E o Internet Explorer 12?

Muitos esperavam que o technical preview do Windows 10 trouxesse pelo menos uma versão de teste do Internet Explorer, mas o que os utilizadores encontraram foram melhoras gerais no Internet Explore 11. As principais atualizações incluem suporte aos protocolos HTTP/2 e SPDY/3, com o objetivo de melhorar a comunicação com servidores ou outros sistemas e a otimização da execução de scripts para melhorar a experiência de navegação.

7) Cortana, a voz do Windows

cortanawindows10.0.0_cinema_1200.0

Fonte: theverge.com

O uso de comandos de voz é já comum nos dispositivos móveis, seja nos aparelhos com sistema Android ou iOS. O próprio Windows Phone 8.1 já dispõe do Cortana, um assistente virtual inteligente. Conforme avança o LifeHacker, a Microsoft já está a trabalhar num sistema semelhante para o Windows 10 (versão PC).

Os indícios estão no próprio desenho do Windows 10, onde a barra de busca coincide com a mesma posição da barra de comando de voz do Windows Phone. Como a Microsoft não está a desenvolver uma aplicação específica para o Cortana, será talvez aí onde o comando de voz ficará localizado.