Os dois jovens que fugiram do Estabelecimento Prisional de Leiria no final da tarde de domingo foram capturados esta segunda-feira. A fuga ocorreu depois de terem escavado um buraco numa parede, confirmou o Ministério da Justiça à TSF.

A captura dos dois evadidos, de 24 e 23 anos, ocorreu ao início desta tarde pelo comando territorial de Aveiro da GNR. De acordo com um comunicado enviado pela Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais à Lusa, os dois jovens encontram-se condenados por diversos crimes patrimoniais (furto, furto qualificado, roubo e condução de veículo sem habilitação legal), a penas que totalizam, respetivamente, 12 e 10 anos.

A mesma nota refere ainda que “esta é a quarta evasão (uma delas ocorreu a partir de instituição de saúde não prisional) verificada no decurso deste ano no sistema prisional, estando unicamente por recapturar os dois evadidos de ontem”.

O alerta da fuga terá sido dado no domingo, às 18h30. À TSF, o chefe oficial de dia do Comando Distrital de Leiria da PSP, José Fernandes, disse: “Fomos contactados pelo Estabelecimento Prisional de Leiria no sentido de darmos algum apoio porque se tinham evadido dois reclusos. Deslocámos para o local um carro de patrulha mais pessoal de investigação criminal e montámos um dispositivo na cidade de Leiria, em conjunto com os guardas prisionais de serviço, no sentido de localizar os dois recursos”.

Jorge Alves, do Sindicato dos Guardas Prisionais, admitiu que a falta de guardas profissionais pode ter facilitado a fuga.