O presidente francês, François Hollande, garantiu que não se voltará a candidatar a um novo mandato como chefe de Estado se falhar a promessa eleitoral de fazer baixar o desemprego.

Numa emissão em direto na televisão francesa, denominada “Em direto com os franceses”, Hollande voltou a manifestar a intenção de prosseguir com as reformas “até ao fim” dos cinco anos do seu primeiro mandato no palácio do Eliseu, mas assegurou que não voltará a candidatar-se se falhar a promessa de reduzir o desemprego, que se encontra atualmente num nível recorde de 3,4 milhões de pessoas.

“Se não o conseguir fazer até ao final do meu mandato, pensam que me apresentarei perante os franceses? Os franceses seriam implacáveis e teriam razão”, sustentou. O presidente francês sublinhou, contudo, que aproveitará os “dois anos e meio” que lhe restam para concluir o seu mandato atual no palácio do Eliseu para ir “até ao fim (…) reformar o país”.