O tenista suíço Roger Federer, número dois mundial, desistiu este domingo de disputar a final dos Campeonatos ATP, devido a lesão, entregando a vitória ao sérvio Novak Djokovic.

“Não posso jogar, na minha idade, é demasiado arriscado”, justificou o suíço, de 33 anos, que voltou a ressentir-se de uma lesão nas costas e optou por não entrar no “court” da O2 Arena de Londres.

Com a desistência de Federer, o líder do ranking mundial soma o seu terceiro título consecutivo no Masters e o quarto da carreira, já que venceu também o torneio que reúne os oito melhores tenista da época em 2008.