O bicampeão olímpico de natação chinês Sun Yang teve um controlo antidoping positivo, na sequência de uma análise realizada em maio e cumpriu uma suspensão de três meses, uma sanção que apenas foi conhecida esta segunda-feira.

As suspeitas quanto a Sun Yang, considerado um ídolo do desporto no seu país, foram mantidas em grande segredo ao longo de seis meses pelas autoridades antidopagem chinesas.

A agência antidopagem chinesa anunciou hoje no seu site na internet que a análises de Sun, de 22 anos, acusou a presença de um estimulante, trimetazidina, a 17 de maio, no decorrer das competições nacionais de natação na China.

Por seu lado, a agência de notícias Nova China avançou que Sun Yang começou a cumprir um período de suspensão em julho. A mesma fonte não indica o número de meses de suspensão, mas Sun já alinhou nos Jogos Asiáticos de Incheon (Coreia do Sul) em setembro.

O “gigante” (1,98 metros) da natação chinesa – medalha de ouro dos 400 e dos 1.500 metros livres nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres – negou hoje que se tenha dopado, afirmando que tomou um medicamento por questões médicas e que desconhecia que este continha uma substância proibida.