Os preços na produção industrial caíram 3,3% em dezembro, face ao mesmo mês de 2013, e 1,8% em relação a novembro, revela esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Para a descida homóloga deste índice de preços (3,3%) em dezembro, que foi superior à queda homóloga de novembro (menos 1,1%), o agrupamento energia teve um contributo determinante, ao registar uma queda de 2,9 pontos percentuais (p.p.).

A taxa de variação homóloga do índice da secção das Indústrias Transformadoras ainda teve uma quebra maior, de 4,7%, mas inferior em 2,7 p.p. à de novembro, dando um contributo negativo de 4,0 p.p. para a variação do índice total.

No quarto trimestre de 2014, a taxa de variação homóloga do índice de preços na produção industrial caiu 1,9%, acima da queda de 0,9% no terceiro trimestre.

A taxa de variação mensal do índice caiu 1,8% em dezembro, quando no mesmo mês de 2013 tinha aumentado 0,4%, tendo sido o índice do agrupamento de Energia aquele com maior contributo para a variação mensal do índice total.

O índice da secção das Indústrias Transformadoras, com uma taxa de variação mensal negativa de 2,2% (0,5% no período homólogo), foi determinante na variação do índice agregado, contribuindo com uma descida de 1,9 p.p.