É mais um caso insólito de roubos falhados. Dois homens foram presos em Houston, EUA, depois de alegadamente terem roubado um iPad. Quem os denunciou? Uma selfie, ou melhor, a iCloud. É que os supostos ladrões usaram o iPad para tirar fotografias a eles próprios e as imagens foram parar automaticamente, e sem saberem, à conta de iCloud do dono do aparelho. Na selfie, os dois homens apareciam a exibir notas de 100 dólares, alegadamente também roubadas à vítima. De acordo com a agência de notícias Associated Press, o roubo aconteceu no passado dia 8 mas só esta quarta-feira as autoridades conseguiram deter os dois homens da fotografia.

Stolen iPad

Foto Associated Press

 

Só uns dias depois do roubo o dono do iPad deu conta do aparecimento da estranha fotografia, depois de a sua conta de iCloud ter feito uma atualização automática. Apressou-se a partilhar as imagens com a imprensa, ajudando as autoridades a identificar os suspeitos.

O serviço iCloud da Apple é, de facto, um serviço de armazenamento de dados ligado à internet que permite ao proprietário fazer backup dos dados que tem armazenados num determinado dispositivo e aceder a eles através de outros aparelhos, como iPhone ou iMac.

Não é a primeira vez que casos como este acontecem. Na verdade, acontecem mais vezes do que seria de prever. O caso mais conhecido foi o de uma mulher que criou um blog depois de o alegado ladrão do seu telemóvel ter usado o dispositivo para tirar fotos (muitas fotos) do seu dia a dia no Dubai. O blog “Life of a stranger who stole my phone” (‘A vida de um estranho que roubou o meu telemóvel’) tornou-se rapidamente viral.