Meses após o fim da relação entre Irina Shayk e Cristiano Ronaldo, a manequim russa quebrou o silêncio em entrevista para a revista Hola.

Apesar de Irina assegurar que achava Ronaldo o homem ideal, o longo namoro de cinco anos veio mostrar-lhe o contrário. “Pensei que tinha encontrado esse homem ideal. Mas afinal não. Penso que uma mulher se sente feia quando tem o homem errado ao seu lado. Eu sentia-me feia e insegura”, desabafou a manequim russa.

“O meu homem ideial é fiel, honesto e um cavalheiro que sabe como tratar uma mulher. Não acredito em homens que nos fazem sentir infelizes, porque esses são garotos, não homens”, acrescentou Irina, reforçando o que mais aprecia no sexo masculino.

Apesar de tudo, Irina assegura que se sente forte e motivada para ser feliz, ao contrário do que acontecia quando namorava com o futebolista do Real Madrid.