Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Como se vai chamar a filha dos duques de Cambridge? A pergunta já passou pelos lábios de meio mundo, mas a especulação poderá estar prestes a chegar ao fim. De acordo com vários órgãos de comunicação social britânicos a revelação estará por horas: acredita-se que o nome da princesa será conhecido depois de a rainha Isabel II conhecer a bisneta, o que deverá acontecer ainda esta quarta-feira. Até lá, a dúvida continua a divertir os apostadores.

Depois de uma viagem rápida pelas casas de apostas que se têm dedicado ao desporto do momento no Reino Unido, Alice e Charlotte parecem partir na frente como os nomes mais prováveis da bebé real. Alice era o nome de uma das filhas da rainha Victoria e da mãe do duque de Edimburgo, bisavô do bebé. Já Charlotte seria uma homenagem ao avô, Carlos, atual príncipe de Gales.

Convém recordar que, aquando o nascimento do primeiro filho de Kate e William, o nome mais popular nas casas de apostas era, precisamente, George. Ainda assim, e apesar de favoritos, Alice e Charlotte enfrentam a concorrência de nomes como Victoria, Elizabeth e Olivia que continuam a recolher a preferência de muitos no Reino Unido. Existe, claro, a opção “Diana”: o legado da “princesa do povo” continua muito enraizado no imaginário popular dos britânicos. A hipótese chegou mesmo a ser ponderada pelos duques de Cambridge, mas família real não terá gostado da sugestão.

O jornal britânico Telegraph lembra, em jeito de brincadeira, que esta quarta-feira se comemora o Dia de Star Wars, pelo que, quem sabe, os duques de Cambridge decidam ousar: porque não princesa Leia? De qualquer forma, e mesmo que o protocolo assim não o obrigue, Kate e William só deverão revelar o nome da filha depois de a rainha a visitar.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os britânicos não querem saber só como se vai chamar a bebé real. Paralelamente às apostas que se fazem em torno do nome da filha de Kate e William, há quem esteja a procurar a sorte a tentar adivinhar quem serão os padrinhos da princesa.

No lado das madrinhas, as princesas Beatriz e Eugénia de Iorque, filhas do príncipe André com Sarah Fergunson, partem largamente à frente, mas a diferença entre elas é muito, muito reduzida. Em relação aos padrinhos, Peter Phillips, o neto mais velho da rainha Isabel II do Reino Unido, filho da princesa Ana, é apontado de longe como o mais provável.

Mas quem sabe os duques de Cambridge não surpreendem e decidem dar à filha padrinhos como David e Victoria Beckham? Sim, há quem esteja apostar nisso.