Se é um utilizador do Instagram, deve conhecer o dilema que é escolher entre os 27 filtros disponíveis para a edição das imagens. Diversos fatores podem influenciar a decisão, como a intuição ou a predileção por certos filtros. No entanto, um estudo realizado por investigadores do Yahoo Labs e Georgia Tech pode facilitar a vida dos indecisos e garantir que a sua imagem tenha mais sucesso nas redes sociais.

Após analisarem 7,6 milhões de fotos publicadas no Flickr a partir do Instagram, os investigadores concluíram que os filtros Mayfair, Rise, Valencia, Hefe e Nashville são os que funcionam melhor, aumentando em 21% as probabilidades de uma imagem ser vista e em 45% o número de comentários.

Por outro lado, os filtros Lo-Fi e X-Pro-II, normalmente utilizados para melhor a luz e a saturação das fotografias, não provocam tanta interatividade entre os seguidores.

Para realizar a investigação, os investigadores utilizaram uma metodologia mista. Foram entrevistados utilizadores da versão para telemóvel do Flickr, com contas no Instagram, sobre as motivações e preferências dos utilizadores na hora de escolher os filtros. Em seguida, foi feito um estudo quantitativo para medir quais filtros geravam mais comentários e likes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Screenshot_2015-05-27-21-44-23 (1)

De acordo com o estudo, o filtro “Nashville” é um dos que gera mais likes e comentários no Instagram.

Desta maneira, os investigadores derrubaram dois mitos tipicamente associados às imagens publicadas no Instagram: imagens com tons de sépia, que dão um aspeto mais envelhecido às fotografias, geram poucos comentários, e imagens com muita saturação, como aquelas onde as cores parecem mais “vivas”, têm menos visibilidade.

E as fotografias sem filtro? Segundo a investigação, não geram muitos likes. Apesar de a hashtag #NoFilter ser utilizada com frequência como uma revindicação dos utilizadores para o uso de luz natural, as imagens sem filtro geram pouca interação entre o utilizador e os seus seguidores.