Um autotanque dos Bombeiros Voluntários de Carcavelos e São Domingos de Rana, em Cascais, capotou à tarde de dia 19 de agosto quando seguia para combater um incêndio, o que provocou ferimentos graves em dois bombeiros, confirmou à Lusa o comandante da corporação. Um dos dois bombeiros permanece em “estado crítico”, enquanto o outro está “livre de perigo, disse o comandante dos bombeiros de Carcavelos e São Domingos de Rana.

De acordo com o comandante Paulo Santos, que ainda se encontrava a caminho do local do acidente, cerca das 16h40, “um veículo capotou” quando se deslocava em marcha de emergência para combater um incêndio numa zona de mato em Talaíde. Os dois bombeiros feridos eram voluntários com idade na “casa dos 30 anos”.

A página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil regista um incêndio em mato, na zona de Talaíde, freguesia de São Domingos de Rana, que deflagrou às 14h04, mobilizando 14 voluntários, apoiados por cinco viaturas, mas a ocorrência já se encontra “encerrada”.