Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O YouTube lançará a partir de 28 de outubro, nos Estados Unidos, um novo serviço pago: o YouTube Red. O serviço custará cerca de 9 euros (9.99 dólares) por mês, e permitirá aos utilizadores verem vídeos do YouTube sem anúncios publicitários. Outro dos benefícios é permitir que os membros vejam vídeos do YouTube sem estarem ligados à internet, mesmo em dispositivos como smartphones ou tablets.

Se os utilizadores quiserem usufruir do serviço YouTube Red em produtos iOS, isto é, da Apple, terão de subscrever a versão premium, que custará cerca de 11.45 euros/mês. O YouTube Red vai abranger ainda os restantes serviços oferecidos pelo YouTube, como o YouTube Music – também lançado esta quarta-feira -, e o Youtube Gaming, entre outros.

O YouTube Red, que permitirá aos cidadãos norte-americanos um teste gratuito durante o período de um mês, trabalhará ainda em conjunto com o serviço Google Play Music, pelo que a subscrição de um garantirá o acesso ao outro.

O serviço contará também, no próximo ano, com programas e filmes originais, criados por alguns dos maiores criadores do site, segundo anuncia o blogue oficial do YouTube, que garante ainda que a versão gratuita do YouTube não sofrerá alterações. A adesão a este serviço pago está para já limitada aos Estados Unidos, mas o YouTube planeia disponibilizar brevemente o YouTube Red em outros países.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR