Adeus FX, olá Fox Comedy. O novo canal vai para o ar no dia 18 de novembro e a missão é só uma: fazer rir, durante 24 horas por dia. O FX desaparece, mas algumas das séries ali transmitidas mantêm-se, agora no novo canal, como “Os Simpsons” ou “American Dead”. Entre as novidades contam-se duas produções portuguesas, com destaque para a estreia em televisão dos cartoons de “A Criada Malcriada”.

Num momento em que a comédia em Portugal está “a fervilhar”, Gonçalo Moura, diretor de programação dos canais Fox Portugal, quis arrumar a casa e concentrar num só espaço televisivo a comédia que antes estava espalhada pelas diferentes grelhas. Na apresentação feita aos jornalistas esta quarta-feira à tarde, em Lisboa, Gonçalo Moura explicou que o público vai passar a ver no Fox Comedy filmes, séries como “Uma Família Muito Moderna”, “Foi Assim Que Aconteceu”, “Duas Miúdas nas Lonas” e “Mike & Molly”, e animação, como “Os Simpsons” e “Family Guy”.

Entre as novidades está a estreia da sérieThe Grinder“, a 21 de novembro. Criada por Jarrad Paul, segue a mudança de vida de Dean Sanderson, Jr. (Rob Lowe), um ator que durante anos deu vida a um advogado na bem sucedida série “The Grinder”. Com o fim do projeto, ele decide regressar à sua pequena cidade natal. O que acontece depois é para ver todos os sábados, às 22h30, no novo canal.

THE GRINDER: L-R: Rob Lowe and William Devane in the "Heroes Reborn" episode of THE GRINDER airing Tuesday, Oct. 6 (8:30-9:00 PM ET/PT) on FOX. ©2015 Fox Broadcasting Co. Cr: Ray Mickshaw/FOX

“The Grinder” conta com os atores Rob Lowe (no papel de Dean Sanderson) e William Devane (Dean Sanderson pai)

E se para Gonçalo Moura a comédia no país está a viver um bom momento, havia que incluir produções portuguesas. A primeira novidade é a chegada d'”A Criada Malcriada” à televisão, depois de ter ganho notoriedade numa página de Facebook. Quase todos os dias, os mais de 82 mil fãs podem seguir os comentários da atualidade e o comportamento snob da “Senhora” e as respostas impertinentes da “Criada”.

Depois de os cartoons terem saltado para a revista Sábado e até já terem sido reunidos em livro, estreiam-se agora em televisão. E não, ainda não é desta que a identidade do autor das tiras será revelada. Foi o ator Manuel Moreira, amigo do misterioso criativo, quem apareceu na apresentação, já que será ele a fazer as vozes das duas personagens. De segunda a sexta-feira, às 20h30, haverá sempre um para ver, com duração aproximada de 30 segundos. Mas a ideia é ir passando os episódios ao longo do dia.

A outra novidade portuguesa chama-se Fox Comedy Club e qualquer semelhança com o grupo de comédia Lx Comedy Club não é pura coincidência. Os humoristas Luís Franco-Bastos e Salvador Martinha, que fazem parte do grupo, juntaram-se a Diogo Faro para apresentarem 30 momentos de stand up comedy no novo canal. Cada momento terá entre um minuto e meio e três minutos de duração e são individuais. Ou seja, os telespectadores não vão ver os três em interação.

fox comedy club

Da esquerda para a direita: Luís Franco-Bastos, Salvador Martinha e Diogo Faro

“Muitas vezes os canais dizem: ‘Há aqui uma janela. Mas vem a custo zero!'”, disse Salvador Martinha na apresentação. A comédia ainda é “um risco” e, muitas vezes, os canais não têm orçamento para investir. Não foi o caso. “Para nós, foi uma proposta excelente por ser um projeto com condições, que junta o que nós mais gostamos de fazer, que é stand up comedy. E isso quase não é filmado”, sublinhou.

A ideia é transmitir um episódio por semana, mas o diretor de programação admite que está a ser estudada a hipótese de triplicar esse número — passando um episódio de cada humorista.

Por enquanto, não haverá Porta dos Fundos no grupo que os conseguiu levar do YouTube para a televisão. Mas Gonçalo Moura adianta que há negociações a decorrer para estrear no canal o novo projeto do grupo brasileiro de humor, “O Grande Gonzalez”.