A Apple já decidiu qual é a aplicação móvel do ano. A escolha recaiu sobre o Persicope, um serviço detido pela rede social Twitter e que permite transmitir vídeo em direto a partir de telemóvel ou tablet.

Segundo o Mashable, Eddy Cue, vice-diretor de software e serviços de internet da Apple, considerou que o Periscope é uma aplicação “verdadeiramente revolucionária”. E embora não seja pioneira neste tipo de serviço, foi a que conquistou uma maior quantidade de público: em quatro meses, terá ultrapassado a barreira dos 10 milhões de utilizadores.

Entre as escolhas da Apple estão ainda aplicações como a Enlight (edição de fotografias) ou a Robinhood (para comprar e vender ações nos mercados). Para tablets iPad, a aplicação do ano é a The Robot Factory, um jogo de robôs para crianças.

Em paralelo, a Apple publicou também os rankings das apps mais descarregadas das lojas, divididas em aplicações para iPhone e iPad, gratuitas ou pagas. O Trivia Crack (aplicação gratuita) e o Heads Up! (aplicação paga) venceram na categoria iPhone e, para iPad, as apps a somarem mais descargas da loja foram a Crossy Road (aplicação gratuita) e o Minecraft (aplicação paga).

O mercado das aplicações móveis tem crescido nos últimos anos. De acordo com o site de estatística Statista, a loja da Apple (App Store) terá ultrapassado a barreira dos 100 mil milhões de downloads de aplicações gratuitas e pagas em junho deste ano.