Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Após uma viagem de Uber somos convidados a classificar a prestação do motorista: uma estrela indica um mau serviço e cinco estrelas um serviço excelente. Mas o privilégio de dar uma nota não é apenas de quem é conduzido. A aplicação também solicita ao condutor que avalie como se comportou o passageiro (ou passageiros).

O que significa que mesmo que apenas tenha realizado uma viagem, já foi avaliado. Se não causou boa impressão, a classificação pode ser baixa. E quanto menos estrelas lhe forem atribuídas, mais difícil é solicitar um condutor, ou no limite, pode mesmo ser “expulso” do sistema.

Sabe o que fazer para ganhar estrelas e nunca ficar sem motorista? O site Business Insider falou com os motoristas e compilou dez coisas dicas que deve seguir para obter uma pontuação 5 estrelas.

  1. Não seja “treinador de bancada”. Dê indicações claras e objetivas sobre o destino, mas não passe a viagem a sugerir alterações ao percurso. Dizer que caminho prefere é aceitável, mas dar indicações a cada 100 metros, não é. E não peça ao motorista para violar regras de trânsito, como não parar nos sinais vermelhos ou percorrer as faixas BUS.
  2. Não deixe o motorista à espera. Quando chama o veículo, a aplicação fornece indicações bastante precisas de quanto minutos vai esperar. Esteja realmente pronto para entrar no carro quando este chegar ao local definido.
  3. Não deixe lixo no carro e não vomite. Se tem o hábito de pedir um Uber depois de uma saída à noite em que bebeu demais, evite entrar no carro se estiver mal-disposto. Se vomitar dento do carro ser-lhe-á cobrada uma taxa extra para a limpeza dos estofos e não espere receber uma estrela pelo seu comportamento.
  4. Seja educado em todos os momentos, em especial, nos pequenos gestos. Não bata com as portas do carro, não transporte comida com odor forte, evite abusar do perfume e não peça para fumar.
  5. Se quer ser bem avaliado, dê uma boa avaliação. Parece óbvio, mas muitos passageiros esquecem-se de “tratar o condutor como gostariam de ser tratados”.
  6. Dê gorjeta. Ao contrário do que acontece num táxi, em que pagamos em dinheiro e somos mais tentados a arredondar a conta, no serviço Uber a aplicação cobra o valor exato do trajeto. Não é obrigado a isso, mas se gostou do serviço pode dar gorjeta ao motorista.
  7. Respeite as dimensões do veículo. Se o carro tem apenas 5 lugares, não junte um grupo de 6 pessoas. O princípio também é válido para as malas ou outra bagagem.
  8. Confirme a localização do ponto de recolha. Existem muitas ruas com nomes semelhantes e o assistente de escrita do GPS da aplicação pode induzi-lo em erro. Depois de solicitar o veículo, volte a entrar na aplicação para confirmar que o trajeto e o local estão corretos.
  9. Não peça mordomias. Os condutores da Uber tentam proporcionar uma experiência de viagem o mais confortável possível e muitos disponibilizam água ou lenços de papel, por exemplo. Para além do essencial para realizar uma viagem agradável, evite fazer pedidos extravagantes.
  10. Seja educado e cortês. Não entre no carro sem cumprimentar o condutor e exprima-se com bons modos e cortesia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR