Mário Soares foi pintado por Júlio Pomar pouco depois de acordar da sesta. O retrato quebrou o formalismo de décadas na Presidência e, na altura, tornou-se polémico. O quadro de Jorge Sampaio coube a Paula Rego e consta que o ex-Presidente não gostou muito de se ver na imagem. Ramalho Eanes, militar e de postura rígida, escolheu o pintor Luís Pinto Coelho que o retratou quase como de uma fotografia se tratasse.

Os retratos dos vários Presidentes da República estão em exposição no Museu da Presidência, colado ao Palácio de Belém. Se não quiser deslocar-se até lá, pode espreitar a nossa fotogaleria que tem ainda quadros de Eduardo Malta, Henrique Medina ou Columbano Bordalo Pinheiro.