Olá

831kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Realizador e atriz querem boicotar os Óscares

Este artigo tem mais de 5 anos

Pelo segundo ano consecutivo, todo os concorrentes à estatueta dourada na categoria de representação, são caucasianos. O realizador Spike Lee a a atriz Jada Pinkett Smith estão em protesto.

i

Tim P. Whitby/Getty Images

Tim P. Whitby/Getty Images

O realizador Spike Lee e a atriz Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith, poderão não marcar presença na próxima cerimónia dos Óscares que se realiza a 28 de fevereiro. Ambos afirmam que não vão comparecer como forma de protesto. Em causa está o facto de, pelo segundo consecutivo, todos os atores na corrida à estatueta dourada serem caucasianos.

Lee levou para o Instagram a sua indignação. Foi na rede social que publicou, esta segunda-feira, um post com a seguinte legenda: “Como é que é possível que pelo segundo ano consecutivo todos os 20 concorrentes na categoria de representação sejam caucasianos?”. A publicação angariou cerca de 7 mil “gostos”.

https://www.instagram.com/p/BArm7C2Sqh_/?taken-by=officialspikelee

Jada Pinkett Smith, por sua vez, publicou um vídeo com pouco mais de 2 minutos e meio no seu perfil de Facebook. Na curta gravação, a atriz e realizadora, argumenta que chegou a hora de as pessoas de cor reconhecerem o seu próprio valor.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

We must stand in our power.

Publicado por Jada Pinkett Smith em Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016

Refira-se que o também ator Will Smith não foi nomeado pelo seu papel em A Coragem de Um Campeão, apesar do muito burburinho que a interpretação provocou.

 
Assine um ano por 79,20€ 44€

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Verão 2024.  
Assine um ano por 79,20€ 44€
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Este verão, mergulhe no jornalismo independente com uma oferta especial Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver ofertas Oferta limitada