Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

É a mais exclusiva das passerelles, e por isso mesmo arranca exclusivamente em Paris. A semana dedicada à alta-costura tem lugar na Cidade Luz duas vezes por ano e por esta altura já se conhecem as propostas dos principais designers para a próxima primavera/verão, muitas delas candidatas a abrilhantar a cerimónia dos Óscares, marcada para 28 de fevereiro.

Donatella Versace inaugurou a passerelle no domingo, 24, e depois da sua coleção Athletic Couture — uma mistura improvável entre alta-costura e fitness –, vários designers mantiveram alta a fasquia da originalidade. Se a maison Dior e Armani Privé mostraram o que é uma mulher romântica e elegante, Karl Lagerfeld não desiludiu quem segue atentamente os cenários onde revela as criações da Chanel e Jean Paul Gaultier deu uma festa nostálgica em que a passerelle se transformou numa pista de dança (daquelas onde ainda era possível fumar). Já Galliano mostrou o que seria Picasso com um estojo de maquilhagem para a Maison Margiela, enquanto Bertrand Guyo apresentou um dos desfiles mais divertidos para a Schiaparelli — certamente aprovado por vegetarianos.

Veja na fotogaleria alguns dos momentos memoráveis dos desfiles de alta-costura primavera-verão 2016.

Artigo atualizado às 10h00 de dia 28/01 para incluir o desfile Valentino.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR