Sobre o programa Nexus

Mostrar Esconder

Desde 2010, a Google, em parceria com outras marcas, tem vindo a lançar dispositivos da gama Nexus.

São aparelhos que correm o sistema operativo Android no seu estado mais puro (isto é, sem modificações, como acontece com a Samsung, LG e Huawei, por exemplo) e são os primeiros a receber atualizações de sistema.

No programa, a Google é responsável pelo design, desenvolvimento, divulgação e suporte do produto, enquanto o fabrico fica a cargo de uma marca externa — LG e Huawei, por exemplo.

A gama Nexus inclui telemóveis, tablets e outros dispositivos multimédia.

Testámos o LG Nexus 5X. Mas antes da nossa análise a este telemóvel Android de gama média, importa saber duas coisas:

1 – Este é, provavelmente, o último telemóvel Nexus que a LG fabrica no âmbito do programa homónimo da Google, de acordo com informações avançadas pelo CNet.

2 – Têm circulado rumores de que os próximos telemóveis Nexus poderão ser produzidos pela própria Google e não por outras marcas, como aconteceu até agora. A ser verdade, o LG 5X e o irmão Huawei 6P são, provavelmente, os últimos modelos da gama Nexus a serem fabricados nestas condições.

Vista frontal do Nexus 5X e respetiva caixa. MICHAEL M. MATIAS /OBSERVADOR

Feita a introdução, passemos ao produto. Na vertente mais física, o Nexus 5X é muito leve (pesa pouco mais de 130 gramas) mas, simultaneamente, parece resistente e robusto. Tem um design bastante suave e elegante, com acabamentos de qualidade razoável. A parte traseira do aparelho é bastante aderente e, na frente, a Google optou por um modelo praticamente simétrico. Em parte, essa simetria é responsável pela elegância deste telemóvel. No entanto, como veremos mais adiante, isso não faz muito sentido do ponto de vista técnico.

Tem um ecrã tátil de 5,2 polegadas — portanto, na linha das atuais dimensões padrão adotadas pela indústria — com uma qualidade de imagem que satisfaz bastante. Trata-se de uma definição Full HD (1080 por 1920 píxeis), com aproximadamente 423 píxeis por polegada. A pequena cereja no topo deste bolo é, sem dúvida, a proteção Gorilla Glass 3, que confere ao ecrã do Nexus 5X uma resistência superior a danos — riscos e quebras.

2 fotos

O 5X tem duas câmaras. A frontal, para selfies, tem um sensor de cinco megapíxeis. E embora apresente uma qualidade satisfatória, o esforço poderia ser maior em comparação com os 12.3 megapíxeis do sensor da câmara principal, situada numa enorme saliência — talvez excessivamente saliente — no topo e ao centro da parte traseira do aparelho.

Este telemóvel filma em qualidade 4K, um detalhe importante que tanto o catapulta para a vanguarda da tecnologia (ao nível dos modelos topo de gama das principais marcas) como o aquece sem dó nem piedade. Isso mesmo: o 5X fica quente enquanto filma na resolução máxima. Ainda assim, nada de aparentemente problemático para o aparelho, podendo apenas causar algum desconforto na utilização. De referir também que esta câmara é apoiada por um sistema flash com dois LED (que permitem um melhor ajuste de cor) e focagem automática por laser.

4 fotos

Ao 5X a Google acrescentou (e bem!) um sensor de impressões digitais na parte traseira do aparelho, logo abaixo da câmara (uma característica dos modelos da LG). É uma tecnologia cada vez mais importante, numa altura em que aumentam as preocupações com segurança digital. Mas este sensor tem um detalhe interessante: é de leitura imediata.

Ou seja, assim que colocamos o dedo sobre a superfície circular, o aparelho “acorda”. Não é necessário pressionar primeiro o botão de bloqueio, como em muitos telemóveis com sensores deste género. Por isso, é relativamente fácil apanhar o jeito e esquecer de vez os códigos de desbloqueio. Claro que, por razões de segurança, continua a ser necessário configurar um PIN, que deve ser introduzido na primeira vez que liga o telemóvel. Mas, depois disso, o desbloqueio pode ser feito usando apenas o dedo. E podem ser definidas até cinco impressões digitais.

À esquerda, a câmara frontal e o auscultador para chamadas. À direita, a coluna para música ou alta-voz. MICHAEL M. MATIAS /OBSERVADOR

Como já referimos, a frente do Nexus 5X tem um desenho simétrico que resulta muito bem esteticamente. Mas não podemos dizer o mesmo do ponto de vista técnico. Porquê? Olhe para a imagem acima deste parágrafo. Vê as duas aberturas nas extremidades do aparelho? É que, embora semelhantes, desempenham funções muito diferentes: a da esquerda é um auscultador, enquanto a da direita é a única coluna do dispositivo. Por outras palavras, esqueça o som simétrico e estéreo a sair à mesma intensidade dos dois lados do dispositivo, como acontecia no Nexus 6 da Motorola. E esqueça também ver filmes ou séries sem headphones enquanto segura no telemóvel de lado (modo landscape) — estará a tapar a coluna com a mão.

Quanto ao desempenho, a utilização é bastante fluida e o Nexus 5X responde com eficácia às principais tarefas do quotidiano. A contribuir para isso estão os 2 GB de memória RAM e os processadores Quad-core 1.44 GHz Cortex-A53 e Dual-core 1.82 GHz Cortex-A57 (seis núcleos no total).

De referir também que, como não podia deixar de ser, este telemóvel integra ainda os sensores já habituais na maioria dos smartphones. Falamos, claro, do acelerómetro, giroscópio, sensor de proximidade, bússola, barómetro, ligação por Bluetooth e NFC. A bateria de 2700 mAh garante carga para um dia de utilização moderada.

O Nexus 5X tem uma USB-C para alimentação e transferência de ficheiros. É diferente das portas USB comuns. MICHAEL M. MATIAS /OBSERVADOR

Por fim, a Google virou a página ao optar pela nova tecnologia USB-C (também chamada USB Type-C), abandonando o Micro USB. Na prática, isto significa carregamentos mais rápidos e maior velocidade de transferência de dados. As duas pontas do cabo são simétricas (deixa de ser necessário ter de acertar com a posição correta de encaixe) e não são compatíveis com os restantes tipos de USB.

O Nexus 5X está à venda em Portugal desde o final do ano passado. Pode ser adquirido em três cores (Carbon, Quartz, Ice — preto, branco e cinzento azulado) e nas versões de 16 GB ou 32 GB de armazenamento, que custam 430 e 480 euros, respetivamente (preços oficiais na loja da Google).

Nota: durante a celebração do primeiro aniversário da Google Store, o Nexus 5X vai estar à venda com um desconto de 80€. A promoção termina no dia 27 de março.