O Conselho Europeu de Investigação (ERC, na sigla em inglês) atribuiu uma bolsa de investigação – Advanced Grant – no valor de 1,95 milhões de euros a Luís Oliveira e Silva, professor catedrático do Departamento de Física e presidente do Conselho Científico do Instituto Superior Técnico (Lisboa). Com o dinheiro da bolsa o investigador vai explorar os mecanismos que permitem a conversão de luz laser em matéria e antimatéria, refere o comunicado de imprensa da instituição.

As ERC Advanced Grants foram desenhadas para permitir aos líderes de grupos de investigação com um percurso excecional darem continuidade a projetos de inovadores e de alto risco. A esta bolsa, que tem a duração de cinco anos, podem concorrer investigadores principais de qualquer nacionalidade e qualquer idade, desde que tenham um grupo de investigação estabelecido. As bolsas terão no máximo um valor de 2,5 milhões de euros.

Luís Oliveira e Silva é o primeiro investigador, a desenvolver trabalho em Portugal no domínio das ciências físicas e engenharias, a receber duas vezes uma advanced grant do ERC. A primeira tinha o valor de 1,6 milhões de euros e foi atribuída em 2010. Em Portugal, e na área das ciências vivas, apenas Zach Mainen, investigador principal na Fundação Champalimaud, tinha recebido duas vezes este tipo de bolsa, refere o comunicado.

O investigador lidera a equipa de teoria e simulação numérica do Grupo de Lasers e Plasmas do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear. O projeto InPairs, agora financiado, está integrado neste grupo de investigação e pretende estudar a interação de fotões, eletrões e positrões na presença de campos ultra intensos.

Estes ambientes extremos podem ser encontrados nalguns dos eventos mais espetaculares do Universo, como estrelas de neutrões e pulsares. Pretende-se também identificar como reproduzir estas condições extremas laboratorialmente, por exemplo no foco de lasers ultra intensos, e explorar a utilização essas configurações para produzir fontes de raios-gama de elevada qualidade”, refere o comunicado.