O Euro 2016 está aí a chegar e nada como conhecer as seleções que marcam a sua estreia nesta competição. São cinco equipas com trajetos distintos mas muito curiosos que mostram que nem sempre um plantel cheio de estrelas é sinónimo de um bom coletivo.

Albânia

(FromL, 1st row) Albania's midfielder Elseid Hysaj, Albania's Ergys Kace, Albania's midfielder Naser Aliji, Albania's defender Andi Lila, Albania's defender Ermir Lenjani, (FromL, second row) Albania's goalkeeper Etrit Berisha, Albania's midfielder Arlind Ajeti, Albania's Migjen Basha, Albania's Sokol Cikalleshi, Albania's Odise Roshi, and Albania's midfielder Lorik Cana pose prior to a friendly football match Albania vs France on June 13, 2015 in Elbasan, outside Tirana. AFP PHOTO / LOIC VENANCE (Photo credit should read LOIC VENANCE/AFP/Getty Images)

Foto: Loic Venance/AFP/Getty Images

Após uma boa prestação na qualificação para o Mundial de 2014, onde chegou a ser segunda classificada após seis jogos, a seleção albanesa conseguiu finalmente alcançar a fase final do Europeu de futebol. A Albânia fez uma qualificação surpreendente ficando em segundo lugar do Grupo I, apenas atrás da seleção portuguesa, que sofreu logo na primeira jornada uma derrota por um golo em Aveiro. A partir desse momento, muitos perceberam que a Albânia não seria pera doce. Portugal voltaria a defrontar os albaneses em Elbasan, ganhando pela margem mínima com um golo de Miguel Veloso já nos descontos. A Albânia apurou-se com 14 pontos, remetendo a Dinamarca para os play-offs.

O treinador Gianni De Biasi é um dos grandes responsáveis por esta ótima prestação e já comanda esta equipa desde dezembro de 2011. O capitão Lorik Cana é o jogador com mais jogos pela sua seleção, 87, e tem ao seu lado jovens jogadores com um futuro promissor como Elseid Hysaj, defesa do Nápoles, ou Taulant Xhaka, do Basileia.

A Albânia está no grupo A, com a anfitriã França, a Roménia e a Suíça, e a passagem à fase seguinte não é tarefa fácil.

Eslováquia

TRNAVA, SLOVAKIA - MARCH 25: The Slovakia team pose for a team photo during the international friendly match between Slovakia and Latvia held at Stadion Antona Malatinskeho on March 25, 2016 in Trnava, Slovakia. (Photo by David Rogers/Getty Images)

Foto: David Rogers/Getty Images

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Apesar de ter ganho a competição em 1976 como parte integrante da Checoslováquia, esta é a primeira participação da Eslováquia como país independente. Equipa integrante do grupo C na fase de qualificação, a Eslováquia apurou-se em segundo lugar, atrás da Espanha, com 22 pontos. A vitória frente a Espanha por 2-1 na segunda jornada foi um passo importante para o apuramento.

Jogadores como Martin Škrtel, defesa do Liverpool, Marek Hamšík, médio do Nápoles, e o experiente Róbert Vittek, avançado com mais golos pela seleção eslovaca, prometem criar dificuldades a Inglaterra, País de Gales e Rússia, equipas que compõem o grupo B.

Irlanda do Norte

irlanda do norte

Foto: Twitter

A Irlanda do Norte conseguiu um impressionante primeiro lugar no grupo F na fase de qualificação. Com apenas uma derrota e 21 pontos, superou a Roménia, segundo classificado, deixou para trás a Grécia e Finlândia, e obrigou a Hungria a disputar o play-off.

A seleção treinada por Michael O’Neill desde dezembro de 2011 conseguiu o enorme feito de se apurar pela primeira vez para a competição que David Healy, melhor marcador de sempre da seleção da Irlanda do Norte, e o mítico George Best nunca jogaram.

Estão no difícil grupo C onde vão defrontar a Alemanha, Polónia e Ucrânia. Veremos se conseguem fazer outra surpresa apurando-se para a próxima ronda do Euro 2016.

Islândia

REYKJAVIK, ICELAND - OCTOBER 10: Players of Iceland pose for a photograph during the UEFA EURO 2016 Qualifier match between Iceland and Latvia at Laugardalsvollur National Stadium on October 10, 2015 in Reykjavik, Iceland. (Photo by Tom Dulat/Getty Images).

Foto: Tom Dulat/Getty Images

A história começou logo na primeira jornada do apuramento quando os islandeses ganharam por 3-0 à Turquia. Na terceira jornada, o 2-0 à Holanda. Apuraram-se em segundo lugar com 20 pontos, deixando para trás uma desastrosa Holanda, que ficou em quarto com apenas 13 pontos.

A seleção onde o melhor marcador de sempre ainda está no ativo, Eidur Gudjohnsen, com 37 anos e 25 golos, tem também algumas estrelas como Gylfi Sigurdsson, jogador do Swansea, que marcou seis golos em dez jogos.

Inserida no grupo F, onde está Portugal, tem ainda pela frente a Áustria e a Hungria.

País de Gales

ZENICA, BOSNIA AND HERZEGOVINA - OCTOBER 10: Players of Wales national team celebrate the Euro 2016 qualifying football match between Bosnia and Herzegovina and Wales at the Stadium Bilino Polje in Elbasan on October 10, 2015. (Photo by Srdjan Stevanovic/Getty Images)

Photo by Srdjan Stevanovic/Getty Images

A última participação do País de Gales numa competição a nível internacional foi no Campeonato do Mundo de 1958. Passaram mais de 50 anos e a seleção galesa apurou-se em segundo lugar do grupo B na fase de qualificação com 21 pontos e uma derrota apenas.

Comandada por Chris Coleman, a seleção do País de Gales é, deste grupo das estreantes, a que tem um futuro mais promissor na competição. Jogadores de nível mundial como Gareth Bale, do Real Madrid, Aaron Ramsey, do Arsenal, ou Ashley Williams, do Swansea, são opções de peso que prometem fazer estragos no grupo B, onde têm a companhia da Inglaterra, Rússia e Eslováquia.