215kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

O MEO ajuda-o a poupar, simule aqui.

Não ative as notificações no Instagram. É para o seu bem

Este artigo tem mais de 4 anos

O anunciado fim da ordem cronológica no feed do Instagram gerou uma onda de desespero na rede social. Mas não ative as notificações para as publicações dos seus amigos. É para o seu próprio bem.

i

THOMAS COEX/AFP/GettyImages

THOMAS COEX/AFP/GettyImages

O Instagram está caótico. A rede social anunciou em meados deste mês que vai acabar com a organização cronológica nos feeds. A alteração ainda nem sequer foi feita e já os utilizadores imploram aos seus seguidores que “ativem as notificações”, para que sejam informados sempre que estes publicarem. Ora, estamos aqui hoje para lhe dizer exatamente o contrário: não o faça. Para o seu próprio bem.

Se frequenta o Instagram, provavelmente reparou que, na última semana, a rede social encheu-se de pedidos como esse. Agora, imagine um cenário em que vai ativando as notificações para todas — ou, pelo menos, grande parte — das pessoas que segue. Sabe o que vai acontecer? Exatamente o que pediu: ser notificado quando essas pessoas publicarem.

Imagine então que, por exemplo, ativa as notificações para sete dos seus amigos — e que cada amigo publica duas fotografias por dia. Faça as contas. No total, irá receber 14 notificações. São muitas notificações. Mesmo muitas.

Escreve o jornal britânico The Guardian que, “resumidamente, não ative as notificações. E, definitivamente, não o faça para a todos os que lhe pedem isso. A única pessoa a quem deverá ativar as notificações é à pessoa de quem gosta, e se for esperto já o terá feito há muito tempo”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O buzz que se gerou na rede social foi suficiente para merecer um comentário de quem manda. Numa publicação no Twitter — que, curiosamente, tem feito alterações semelhantes às agora anunciadas pelo Instagram –, a administração garante que, “para já, nada vai mudar no seu feed, prometendo avisar quando as alterações forem feitas.

Não se sabe ao certo quando é que as alterações vão chegar à generalidade do público. A 15 de março, o Instagram divulgou um comunicado no qual referiu que o conteúdo dos feeds passaria a ser mostrado com base “na probabilidade” de os utilizadores se interessarem por ele. “Todas as publicações vão continuar lá, apenas numa ordem diferente”, garantiu. E quanto à data de lançamento, tudo ficou em aberto: “Vamos levar tempo até fazer isto corretamente.” Mas “vamos ouvir o seu feedback pelo caminho. Verá a nova experiência nos próximos meses.”

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.