Confira aqui dez curiosidades sobre a seleção islandesa, a equipa responsável por eliminar a Inglaterra do Campeonato da Europa de 2016, mesmo sem ter grande posse de bola (37%) ou fazer muitos passes (apenas 243 contra a Inglaterra), como informa o site da Marca.

1 – Eles não são muitos

A Islândia é o país com menos habitantes que alguma vez se classificou para uma fase final de um grande campeonato de futebol. Ao todo, são cerca de 332 mil islandeses espalhados pelo mundo. Pelo menos 25 (a contar com os dois treinadores) desses estão em França a disputar o campeonato Europeu.

O recorde anterior de país menos populoso numa grande competição futebolística pertencia a Trinidad e Tobago, que tinha 1.2 milhões de habitantes, em 2006, quando a seleção participou no mundial da Alemanha.

2 – São menos do que os vulcões…

A Islândia tem mais vulcões do que jogadores profissionais de futebol. Ao todo são 126 montanhas com “atividade vulcânica”. E quantos jogadores profissionais de futebol islandeses são? Apenas 120.

3 – …e bem menos do que as ovelhas

Se há menos jogadores profissionais do que vulcões, então são bem menos do que as ovelhas. Na verdade, por cada jogador profissional islandês existem 5.000 ovelhas.

A Islândia tem mesmo o dobro das ovelhas do que de habitantes, ou seja, mais de 660 mil ovelhas (contra os 332 mil habitantes).

Sheep farmers try to round up a flock as they walk through a cloud of ash pouring out of the erupting Grimsvoetn volcano in Mulakot on May 22, 2011. Ash deposits were sprinkled over the capital Reykjavik, some 400 kilometres (250 miles) to the west of the volcano, which has spewed an ash cloud about 20 kilometres into the sky. Less than 24 hours after the eruption began late Saturday, experts and authorities in Iceland said the volcanic activity had begun to decline. AFP PHOTO / Vilhelm Gunnarsson ***ICELAND OUT*** (Photo credit should read Vilhelm Gunnarsson/AFP/Getty Images)

Dois pastores reúnem ovelhas, depois de um vulcão expelir cinzas perto de Reiquiavique. (Vilhelm Gunnarsson/AFP/Getty Images)

4 – Tem muitas ovelhas… mas zero formigas

A Islândia é um dos poucos lugares do mundo onde não existem formigas. Porquê? Até hoje, ninguém sabe a razão. Será que tem a ver com o frio? Ou com a quantidade de ovelhas?

5 – Todos os jogadores são emigrantes

Dos 23 convocados para a seleção, nenhum joga num clube islandês. Seis jogadores jogam em clubes finlandeses, três na liga norueguesa, dois jogam na Alemanha, dois na liga dinamarquesa, dois na liga italiana e dois no País de Gales. Os outros jogadores competem em várias outras ligas europeias.

6 – Fazer a convocatória é fácil

Trata-se apenas de uma simples operação de aritmética em que o que basta é subtrair. Pelo menos é o que nos conta o Tiago Palma, em tom de brincadeira:

No total são 332.529 islandeses, 165.259 são mulheres, logo não podem participar na seleção nacional masculina. Homens com menos de 18 anos e mais de 35 não são ilegíveis, bem como os obesos, por isso, são menos 144.995 opções.

Entre pessoas a trabalhar na indústria do avistamento de baleias, vigilância de terramotos e vulcões, pastores e tosquiadores, banqueiros presos, cegos, doentes e pessoal a trabalhar na indústria médica, polícia e bombeiros, que também não são elegíveis, são menos 13.467 opções para os selecionadores.

O selecionador não pode também contar com: fãs que invadem os estádios (8.781), os médicos e fisioterapeutas da equipa (2) nem com o aguadeiro ou massagista (2). Logo, ficam os 23 jogadores convocados para a equipa islandesa.

7 – Festejar é quase tão satisfatório como marcar

Em 2011, a equipa de futebol islandesa Stjarnan FC chamou a atenção pela forma como festejavam os golos. Foi um fenómeno nas redes sociais e felizmente pode ser visto aqui:

8 – A Islândia apoia a seleção em peso…

Pode ser a base de apoio mais pequena de todo o campeonato Europeu, mas pode mesmo ser a mais dedicada. É que 8% da população islandesa (cerca de 26 mil pessoas) se deslocou até França para apoiar a seleção islandesa. Quer nos estádios, quer nas ruas de França, através dos ecrãs gigantes.

https://www.youtube.com/watch?v=G5JGSFcA__Q

E em casa? O apoio é ainda maior. O jogo contra a Inglaterra conseguiu 98,9% do share de toda a televisão islandesa.

9 – …e em força

Um dos mais famosos adeptos da seleção islandesa é Hafthor Björnssonn, talvez mais conhecido pelos fãs como Gregor “A Montanha” Clegane, o gigante da Guerra dos Tronos.

Björnssonn é um dos homens mais fortes do mundo e chegou a ameaçar Cristiano Ronaldo que lhe esmagaria a cabeça caso este marcasse contra a Islândia. Terá sido por isso que o capitão nacional não marcou?

10 – Os jogadores não têm problemas de dentes

Ou pelo menos não deviam, já que um dos treinadores da equipa – Heimir Hallgrímsson – é um antigo dentista.

Iceland's coach Heimir Hallgrimsson gives a press conference, on June 29, 2016 in Annecy, four days ahead of the team's quarter final match against France as part of the Euro 2016 European football championship. / AFP / TOBIAS SCHWARZ (Photo credit should read TOBIAS SCHWARZ/AFP/Getty Images)

O treinador sueco mostra o seu sorriso numa conferência de imprensa. (TOBIAS SCHWARZ/AFP/Getty Images)