O nome do vencedor foi anunciado pela diretora da ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, no final do desfile do Sangue Novo, projeto destinado a jovens finalistas de cursos de Design de Moda ou que estejam a iniciar a sua marca, que inaugurou os desfiles da 48.ª edição da iniciativa, na Garagem Sul do CCB.

João Oliveira, de 23 anos, concorreu ao Sangue Novo com a coleção ‘Society’, para o próximo inverno, inspirada “na autoestrada, mas num sentido irónico, de abrandamento”, contou à Lusa no final do desfile.

‘Society’ é uma coleção para homem com peças oversized (grandes e largas), “símbolo da jornada e do trabalho acumulado”, em que o cinzento, o branco e o azul são as cores dominantes.

“Não estava nada à espera, mas espero que abra oportunidades para poder continuar o meu trabalho”, disse.

João Oliveira recebe um prémio da ModaLisboa no valor de cinco mil euros, um curso oferecido pela academia italiana de moda Domus Academy e terá a sua coleção à venda nas lojas The Feeting Room, em Lisboa e no Porto.

O jovem designer de moda já tinha sido escolhido na edição passada para representar Portugal em junho, em Maastricht, Holanda, no festival Sound Clash. Hoje soube quem irá acompanhá-lo: Rita Afonso, cujo nome foi anunciado pelo diretor do Fashion Clash, Branko Popovic.

Nesta edição do Sangue Novo o júri decidiu atribuir, além do prémio principal, duas menções honrosas que dão entrada direta no Sangue Novo a Rita Afonso e Alexandre Pereira.

Além de João Oliveira, Rita Afonso e Alexandre Pereira, participaram nesta edição do Sangue Novo Carolina Machado, Liliana Afonso, Mariana Laurência, Micaela Sapinho e Rita Carvalho.

A 48.ª edição da ModaLisboa decorre até domingo, no Centro Cultural de Belém.

Esta sexta-feira são ainda apresentadas as coleções de David Ferreira e de Ricardo Preto.