O PCP quer que José Sócrates e Valentim Loureiro, entre outros antigos e atuais governantes e autarcas, no Parlamento a propósito da deposição de toneladas de resíduos perigosos nas escombreiras das antigas minas de São Pedro da Cova, Gondomar.

Num requerimento entregue sexta-feira à Comissão do Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, e entretanto publicado na página na Internet da Organização Regional do Porto do PCP, os comunistas defendem a necessidade de “apurar as responsabilidades pelo depósito, ausência de tratamento e ocultação de informação às populações”.

O PCP também considera que “importa ouvir quem sempre denunciou e lutou contra este atentado ambiental”, referindo-se a um caso que remonta a 2001/2002, quando toneladas de resíduos industriais perigosos provenientes da Siderurgia Nacional, que laborou entre 1976 e 1996, foram depositadas nas antigas minas de São Pedro da Cova, concelho de Gondomar.