Terrorismo

O anúncio no YouTube que homenageia as vítimas de Manchester

A Vevo, empresa de streaming de videoclips das três principais editoras de música, colocou uma homenagem às vítimas de Manchester em alguns dos seus vídeos no YouTube.

A mensagem ocupa os primeiros cinco segundos dos vídeos e não é possível ignorar o anúncio

VEVO

“Os nossos pensamentos estão com as vítimas e famílias de todos os que foram afetados pelos ataques de Manchester”, pode ler-se no anúncio que antecede alguns dos vídeos carregados pela Vevo no YouTube. A mensagem começou a surgir esta quarta-feira e, ao contrário dos anúncios que costumamos ignorar no YouTube, não tem som ou movimento. É apenas uma mensagem em fundo negro.

A post shared by Vevo (@vevo) on

Também o YouTube colocou uma fita preta em sinal de luto na sua página britânica.

A Vevo é uma empresa de streaming de videoclips criada em conjunto pelas três grandes editoras de música – Universal Music Group, Sony Music Entertainment e, mais tarde, a Warner Music Group. O que isto significa é que a grande maioria (ou totalidade) dos videoclips produzidos por estas editoras é carregado no YouTube através da Vevo. A receita da publicidade é dividida entre a empresa e a Google (que adquiriu 7% das ações da empresa em 2013).

A mensagem da empresa surge depois do atentado de segunda-feira à noite em Manchester, que vitimou 22 pessoas e feriu mais de 60, uma grande maioria das quais crianças e jovens que assistiam a um concerto de Ariana Grande (uma das artistas registadas na Vevo).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Terrorismo

Rebeldes, separatistas e equívocos

Diogo Noivo

Para precaver reincidências, importa chamar as coisas pelos nomes. No referente à ETA, as palavras “rebeldes” e “separatistas” são equívocos que devem ser evitados, pois foi uma organização terrorista

Eleições Espanha 2015

Nem tudo vale na política

Dantas Rodrigues

Oportunismos como o da candidatura de Manuel Valls em Barcelona é que degradam a imagem da política e alimentam a propagação de partidos populistas sejam eles de extrema-direita ou de extrema-esquerda

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)