O sistema informático do Benfica foi atacado por piratas informáticos a quem o FC Porto terá pago milhões de euros. Esta é, pelo menos, a acusação que o clube da Luz irá fazer hoje, segundo o Correio da Manhã. É a reação ao caso dos mails revelados pelos clube portista e já investigados pelo Ministério Público e pela justiça desportiva (Conselho de Disciplina da FPF), que colocam o clube benfiquista num esquema de ligações à arbitragem.

O Benfica, escreve o CM, contratou uma empresa de peritagem que confirmou, de forma “clara e inequívoca”, que houve uma intrusão informática nos seus servidores. É graças a este “assalto”, e não devido a fugas de informação interna, que estão a vir a público emails, revelados pelos portistas, sobre o envolvimento das águias com a arbitragem. O clube da Luz acredita que a informação recolhida terá sido manipulada.

Ao final da tarde, pelas 18h, estas acusações vão ser feitas por responsáveis benfiquistas em direto na BTV. Além de manifestar tranquilidade em relação a este processo, o Benfica irá, segundo fonte da Luz ouvida pelo Correio da Manhã, pedir a reabertura do processo Apito Dourado e a reavaliação das mais de seis mil escutas do processo de corrupção, em que Pinto da Costa foi condenado com dois anos de suspensão.

O Sporting também será alvo dos responsáveis benfiquistas, na comunicação agendada para esta tarde. O Benfica quer que os “leões” sejam investigados por corrupção e tráfico de influências.