Provavelmente com muitas noites sem dormir devido às reivindicações independentistas da Catalunha, isto a somar a outras questões e problemas relacionados com o exercício da presidência do Governo espanhol, Mariano Rajoy acaba de receber um pequeno ‘paliativo’ para tantas dores de cabeça: vai receber, dentro de sensivelmente quatro meses, a sua nova viatura oficial: um Audi A8 novinho em folha, com todos os luxos e, ainda por cima, totalmente blindado. Único senão: teve de pagar por ele (o Estado espanhol, naturalmente) 498.042€.

Rajoy, que já tem como veículo oficial um Audi A8 também blindado, decidiu manter-se fiel à marca alemã, optando por aquele que é, inquestionavelmente, o modelo executivo e de representação do fabricante de Ingolstadt. Neste caso, numa versão particularmente adequada para Chefes de Governo e Estado, denominada Security, com enfoque particular na segurança. Motivo, aliás, pelo qual atinge um valor tão elevado.

14 fotos

Disponível nas versões longa e curta (o chefe de Estado espanhol preferiu a carroçaria de dimensões mais comedidas…), o Audi A8 Security está disponível com motores de oito e 12 cilindros, 4.0 TFSI e W12. Embora não se saiba ainda qual a motorização escolhida por Mariano Rajoy, sabe-se já que o carro cumprirá as normas de segurança VR9 – o mais alto nível de protecção para veículos civis.

Graças a esta certificação, que faz supor a utilização de componentes como o aço nos painéis da carroçaria, alumínio e fibras de aramida de alta resistência, o veículo deverá ser capaz de resistir, por exemplo, a explosões de vários quilos de dinamite, que possam acontecer debaixo do chassi, assim como a impactos de armamento de combate. Mantendo, apesar do expectável aumento de peso do próprio veículo, a capacidade de transportar até 600 kg de carga, entre passageiros e bagagens.

Recorde-se que Mariano Rajoy utiliza um Audi A8 Security, embora a versão longa, cuja entrada ao serviço teve lugar há já 16 anos. Tendo sido a viatura oficial não só do actual líder do Governo espanhol, mas também de antecessores como José Maria Aznar e José Luís Rodriguez Zapatero. Razão pela qual conta já com 272.000 quilómetros.