Ricardo Salgado está “de consciência perfeitamente tranquila” e convencido de que será “ilibado dessa monstruosidade” que é acusação resultante da Operações Marquês. Nas primeiras declarações após ser conhecida a acusação (houve uma conferência de imprensa nos dias seguintes mas apenas o advogado falou), o ex-banqueiro garante que nunca corrompeu ninguém nem cometeu qualquer um dos crimes de que é acusado.

“Posso-lhe garantir que nunca subornei ninguém em toda a minha vida. E já lá vão 73 anos. Já foi dito, também pelos meus advogados, que não cometi nenhum crime”, afirmou Ricardo Salgado, em declarações aos jornalistas à porta do tribunal de Santarém.

Ricardo Salgado diz que a análise do processo de investigação “ainda está no início” mas garante, desde já, que está de “consciência perfeitamente tranquila”. “Quando a investigação chegar ao fim tenho a certeza de que serei ilibado dessa monstruosidade”, rematou Ricardo Salgado, em declarações transmitidas pela TVI.