Rádio Observador

Hyundai

Novo Santa Fe anuncia-se mais elegante e seguro

A poucos dias da apresentação oficial em Genebra, a Hyundai deu a conhecer a nova geração do seu SUV topo de gama. Além de um visual mais elegante, o Santa Fe promete mais segurança e manobrabilidade.

Autor
  • Francisco António

Proposta topo de gama na oferta da Hyundai, o Santa Fe foi já totalmente desvendado, dias antes da sua apresentação oficial ao público, no 88.º Salão de Genebra, onde vai exibir não só uma estética mais elegante e poderosa, como também uma maior componente tecnológica e um interior mais espaçoso e intuitivo.

Com arranque da produção agendado para o segundo trimestre e início da comercialização previsto para a segunda metade de 2018, a nova geração do Santa Fe evidencia um design aspiracionalmente premium, marcado por uma nova grelha frontal em cascata, grupos ópticos com luzes LED de presença separadas e colocadas numa posição mais elevada, uma linha lateral que liga os faróis às luzes traseiras.

Por outro lado, o novo SUV sul-coreano reclama uma postura mais robusta, atlética e arrojada, fruto também de dimensões exteriores generosas, traduzidas num comprimento de 4.770 mm, uma largura de 1.890 mm e uma distância entre eixos de 2.765 mm.

Interior mais refinado e espaçoso

No interior, o novo Santa Fe aposta, segundo refere o construtor, numa arquitectura refinada e ergonómica, em que a visibilidade para trás, por exemplo, foi melhorada, graças a um vidro lateral traseiro 41% maior que na geração anterior. Ao mesmo tempo, os bancos dianteiros com 10 ajustes eléctricos e extensões dos assentos contribuem para dar mais conforto ao condutor e passageiro da frente.

Já nos restantes lugares, destaque para o facto de os ocupantes da segunda fila passarem a beneficiar de mais espaço para pernas (+38 mm) e assentos mais altos (+18 mm), isto a partir de bancos que rebatem com um só toque, facilitando assim o acesso à terceira fila, onde o espaço em altura também aumentou 22 mm.

Quanto à bagageira, promete igualmente melhorias na capacidade, embora a Hyundai nada mais adiante a este respeito.

Tecnologia reforçada e com aposta na segurança

Se a habitabilidade e espaço de carga melhoraram, o equipamento, nomeadamente as tecnologias de segurança e apoio à condução, registam igualmente uma forte evolução.

O Santa Fe passa, assim, a contar com o alerta de passageiros nos bancos traseiros, sistema que monitoriza esses bancos, relembrando o condutor, quando este sai do veículo, que há passageiros lá atrás. A que se juntam ainda ajudas como o alerta de tráfego na retaguarda do veículo com travagem autónoma, uma estreia na Hyundai, e o Safety Exit Assist, que previne acidentes e garante uma saída em segurança dos ocupantes, trancando temporariamente as portas, antes da sua abertura, sempre que o sistema detecta viaturas que se aproximam de trás.

Destaque ainda para a presença do controlo de binário variável com HTRAC. Este último, um sistema desenvolvido pela própria Hyundai, cujo nome é a combinação do “H” de Hyundai e da primeira parte da palavra “tracção”, e que tem por base a tecnologia de tracção integral que controla a potência descarregada em cada uma das rodas. Ajudando não só a melhorar a aceleração, a estabilidade e a eficiência de combustível, mas assegurando também uma maior manobrabilidade e agilidade da parte do SUV.

Em termos de conectividade, a nova geração do Santa Fe disponibiliza três sistemas, a começar numa solução de infoentretenimento com ecrã de 8”, um sistema Display Auto de 7″ e um ecrã informativo TFT a cores, também de 7”, localizado no centro do painel de instrumentos.

Outra estreia, neste modelo, é o head-up display com projecção da informação no pára-brisas, além de um sistema de carregamento de smartphones por indução.

Quatro motorizações ao serviço

No que diz respeito a motores, a oferta europeia contempla quatro alternativas, duas a gasolina – 2.4 GDI e 2.4 MPI – e duas a gasóleo – R2.0 e R2.2 -, todas elas acopladas a uma nova caixa automática de oito velocidades, além de cumpridoras da norma de emissões Euro 6.

Melhorias ainda na suspensão e direcção, com vista a um apurar da resposta e da estabilidade do veículo, assim como a um nível superior do conforto. Garantido, tal como o aumento da segurança passiva, através de uma maior utilização (57%) de aço de elevada resistência, ou seja, mais 15% que na geração anterior.

Como opcional, a marca sul-coreana propõe ainda uma solução de suspensão auto-nivelante.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)