Internet

Domínios “.PT” chegam a um milhão. Já há um site nacional para cada 11 portugueses

Já existem um milhão de sites acabados em ".pt". O anúncio foi feito pela associação DNS.PT, que gere este código da internet que mostra que um site é português.

Em 2018 já foram registados mais de 23 mil domínios ".pt"

Getty Images

A DNS.PT, associação que gere os domínios de internet “.pt”, anunciou esta terça-feira que os sites acabados com a sigla que representa Portugal atingiram o número um milhão. Desde 1988 que, com o registo do primeiro site .pt (exactamente o mesmo que agora é o domínio da associação), que é possível registar sites com o código português.

Luisa Gueifão, presidente da associação, em declarações ao Observador, afirmou que este marco “mais que importante, é simbólico”. A responsável disse ainda que Portugal se está a aproximar de outros países europeus, estando a crescer mais que a média europeia.

Para a presidente da associação, a opção de escolher um domínio “.pt”, em vez de outro (como “.com”)., “mostra fiabilidade” e é a melhor forma de uma empresa mostrar pela Internet que está em Portugal.

O site um milhão registado foi o de uma empresa de Fafe, a Meckos. “Foi com muito agrado que recebemos a informação”, contou ao Observador Fábio Bessa, um dos sócios da empresa criada este ano em solo nacional. Quanto à razão para terem optado por um domínio “.pt”, Fábio Bessa explica: “O nosso mercado é nacional e achei que era uma boa forma de expansão para a empresa”.

Por terem sido o site “.pt” um milhão registado, a DNS.PT informou a empresa que quer entregar “uma lembrança” para assinalar terem sido o endereço um milhão com o domínio “.pt”.

Em média, por mês, cerca de oito a dez mil endereços “.pt” são registados. A associação DNS.PT, segundo conta Luísa Gueifão, quer aproveitar este marco para continuar o trabalho feito para desenvolver um programa que visa combater a brecha tecnológica ainda existente em Portugal. “Ainda existem 30% de pessoas [em Portugal] que não acedem à internet, explica a presidente.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt
Solidão

Meu querido mês de Agosto

Teresa Espassandim

Neste “meu querido mês de Agosto”, há quem sinta a manifesta necessidade de estar permanentemente ligado, sem por limites ou conseguir sair da trajectória da solidão acompanhada da existência online.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)