Angola

Banco Mundial financia Serviço Nacional de Saúde de Angola em 92 milhões de euros

O Banco Mundial vai financiar com 110 milhões de dólares (92 milhões de euros) um projeto para melhorar o desempenho de 300 estabelecimentos de cuidados primários de saúde em Angola.

JOAO RELVAS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O Banco Mundial vai financiar com 110 milhões de dólares (92 milhões de euros) um projeto para melhorar o desempenho de 300 estabelecimentos de cuidados primários de saúde em Angola, foi anunciado esta segunda-feira em Luanda.

Segundo uma nota da Casa Civil do Presidente da República envida à Lusa, o chefe de Estado angolano, João Lourenço, exarou um despacho a aprovar o Acordo de Financiamento “a celebrar em breve” pelo Ministério das Finanças e o Banco Mundial, “para a cobertura do Projeto de Fortalecimento do Sistema Nacional de Saúde”.

Este projeto, acrescenta a nota, “beneficiará mulheres em idade reprodutiva e crianças menores de cinco anos”, em 21 municípios de um conjunto de sete províncias angolanas, casos de Luanda, Bengo, Lunda-Norte, Moxico, Malanje, Uíge e Cuando Cubango.

O acordo de financiamento “vai permitir melhorar o desempenho” de aproximadamente 300 estabelecimentos de cuidados primários de saúde, repartidos por postos de saúde, centros de saúde e hospitais municipais, localizados nos 21 municípios.

Já em janeiro deste ano o Banco Mundial acertou um financiamento de 70 milhões de dólares (58,6 milhões de euros) projetos de desenvolvimento local em Angola, segundo um acordo aprovado pelo chefe de Estado angolano, o primeiro desde a eleição de João Lourenço.

A informação consta do primeiro despacho presidencial de 2018, com data de 04 de janeiro, noticiado anteriormente pela Lusa, no qual João Lourenço aprovava o acordo de financiamento com o grupo Banco Mundial, a concretizar através do International Bank for Reconstruction and Development (IBRD).

O documento justifica este financiamento com a necessidade de “concretizar o programa do executivo, no que tange à diversificação das fontes de financiamento para execução dos Programas de Investimentos Públicos”, neste caso para cobertura do Projeto de Desenvolvimento Local, não especificado.

Neste momento, o Banco Mundial financia sete projetos no país, um investimento de 806 milhões de dólares (cerca de 675 milhões de euros), nos setores das águas, agricultura, saúde, desenvolvimento estatístico, educação, e proteção social.

Em dezembro, a organização manifestou-se disponível para aumentar o seu apoio financeiro. Atualmente, a cooperação entre aquela instituição financeira mundial e Angola está focada em três eixos – assistência técnica, estudos e financiamentos de projetos.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)