Cristiano Ronaldo

Jorge Silva Carvalho: ao serviço de sua majestade, Ronaldo

182

Ronaldo recorre frequentemente aos serviços de segurança prestados pela empresa do "superespião", a Anthea. No final da Champions, teve um lutador de MMA e um forcado da Chamusca ao seu serviço.

MIGUEL A. LOPES/LUSA

Cristiano Ronaldo é um dos principais clientes da empresa de segurança privada Anthea, liderada pelo ex-espião e antigo diretor do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED) Jorge Silva Carvalho.

A informação é avançada [link para assinantes] pelo Correio da Manhã, que explica como foi assegurada a proteção do jogador do Real Madrid durante a final da Liga dos Campeões, em Kiev, na Ucrânia. No último sábado, todos os passos de Ronaldo foram seguidos atentamente por Nuno Marecos, paraquedista e forcado da Chamusca, e Gonçalo Salgado, um dos mais prestigiados lutadores portugueses de MMA, ambos funcionários da empresa do “superespião”, Jorge Silva Carvalho.

Esta não é a primeira vez que o capitão da seleção nacional recorre aos serviços da Anthea. De acordo com o mesmo jornal, os dois seguranças são presença assídua na comitiva que acompanha Ronaldo sempre que o português joga fora de Espanha. Mas não só: sempre que a família de Ronaldo se desloca a Portugal, por exemplo, a equipa é reforçada com mais dois guarda-costas.

Em declarações ao Correio da Manhã, Nuno Marecos acabou por confirmar que trabalha com Cristiano Ronaldo há mais de um ano, sem adiantar, ainda assim, mais detalhes. A ligação entre Gonçalo Salgado, que já foi segurança de Tony Carreira, a Ronaldo já era conhecida. Jorge Silva Carvalho, por sua vez, preferiu não prestar declarações, alegando que a Anthea “não tem por hábito falar dos clientes, pois preserva a privacidade dos mesmos”.

O presidente do Conselho de Administração da Anthea e antigo diretor do SIED foi condenado em 2016 por violação de segredo de Estado, abuso de poder e acesso ilegítimo a dados no âmbito do “Caso das Secretas”. Jorge Silva Carvalho acabaria, no entanto, absolvido do crime de corrupção passiva.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)