Rádio Observador

António Costa

Costa com os portugueses de Newark radiante com seleção nacional que “não desiste”

O primeiro-ministro assistiu esta sexta-feira ao empate de Portugal com Espanha, no Campeonato do Mundo, num ambiente frenético com mil portugueses, deixando largos elogios à seleção nacional

NUNO VEIGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O primeiro-ministro assistiu esta sexta-feira ao empate de Portugal com Espanha, no Campeonato do Mundo de Futebol da Rússia, num ambiente frenético com mil portugueses, e no final, visivelmente satisfeito, elogiou esta seleção nacional que não desiste. “Sofremos todos. Mas tão ou mais emocionante do que este jogo disputado até ao último segundo com a Espanha foi este ambiente extraordinário, esta força dos portugueses aqui em Newark a torcer pela nossa seleção”, declarou António Costa.

O primeiro-ministro assistiu ao empate, a três golos, de Portugal com a Espanha, com três ensaios de Cristiano Ronaldo, ao lado do governador do Estado de New Jersey, o democrata Phil Murphy, que demonstrou ser entendido em futebol.

Depois de uma segunda parte em que Portugal esteve grande parte do tempo a perder por 3-2, o líder do executivo nacional deu um pulo de alegria quando, nos últimos momentos do jogo, na transformação de um livre direto, o capitão da seleção nacional repôs o empate, marcando o seu terceiro golo.

[FrameNews src=”https://s.frames.news/cards/world-cup-2018-group-b/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”727″ slug=”world-cup-2018-group-b” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/world-cup-2018-group-b/thumbnail?version=1529096594593&locale=pt-PT&publisher=observador.pt” mce-placeholder=”1″]”Cristiano Ronaldo, pois claro”, desabafou o primeiro-ministro perante os jornalistas portugueses. Mas António Costa fez questão de salientar que esta seleção é um coletivo e que tem milhões de portugueses a apoiá-la.

“Não foi só Cristiano Ronaldo contra a Espanha, fomos todos nós a lutar por Portugal. Teoricamente, este era o jogo mais difícil e acabou como acabou. Temos uma equipa que não desiste, que esteve à frente, que passou para trás, mas não desiste, lutando até ao último minuto”, declarou, tendo ao seu lado os secretários de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, e do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Antes do jogo, o primeiro-ministro ofereceu ao Sport Club Português de Newark uma camisola da seleção nacional assinada por todos os jogadores e, durante o período do intervalo da partida, assinou o livro de honra desta associação com 98 anos de existência.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Filosofia Política

A doença mental chamada Amazónia

Gabriel Mithá Ribeiro

Resta decretar o estado de emergência climática que, na prática, se traduz no combate ao capitalismo em nome do socialismo, mas na condição daquele disponibilizar muitos mil milhões de dólares a este.

PAN

Totalitarismozinho dos anos 40 /premium

José Diogo Quintela

Este discurso da emergência climática dá muito jeito em termos políticos. Em primeiro lugar, tudo o que acontece de mal deve-se ao clima. Logo, a culpa nunca é do Governo, é de toda a humanidade.

Trabalho

Ficção coletiva, diz Nadim /premium

Laurinda Alves

Começar reuniões a horas e aprender a dizer mais coisas em menos minutos é uma estratégia que permite inverter a tendência atual para ficarmos mais tempo do que é preciso no local de trabalho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)