Pelo menos dez soldados nigerianos foram mortos e quatro estão desaparecidos num ataque atribuído ao grupo ‘jihadista’ Boko Haram contra uma posição militar no sudeste do Níger, próximo da Nigéria, indicou o ministério da defesa este domingo.

“Temos um balanço provisório de dez mortos, quatro desaparecidos e três feridos”, disse à agência noticiosa France-Presse o coronel Abdoul-Aziz Touré, porta-voz do ministério nigeriano da Defesa.

O ataque do Boko Haram foi dirigido contra “posições do exército” nigeriano em Bla Brin, uma localidade situada perto do lago Chade, a 40 quilómetros da cidade de N’Guigmi, precisou.

O último ataque atribuído ao grupo nigeriano Boko Haram remonta ao início de junho. Três bombistas suicidas fizeram explodir os seus cintos de explosivos em diferentes locais da cidade de Diffa, a capital regional, provocando seis mortos.

Para além dos ataques do Boko Haram no sudeste, o Níger confronta-se com ataques recorrentes dos islamitas dos grupos do Sahel, no norte e oeste do país.