Uma parte dos estudantes que tinham sido raptados, na última semana, no nordeste da Nigéria, alegadamente pelo grupo jihadista Boko Haram, foram esta quinta-feira libertados, anunciou um elemento do governo nigeriano, sem especificar o número concreto de jovens libertados.

Os estudantes sequestrados da Escola Secundária de Ciência do Governo, em Kankara, foram libertados, o governador do estado de Katsina confirmou as notícias”, escreveu na rede social Twitter o assistente pessoal do Presidente da Nigéria para os Novos Media, Bashir Ahmad.

Contudo, não é especificado quantos estudantes foram libertados e se ainda há alunos reféns, mas um elemento das forças de segurança confirmou à France-Presse (AFP) que ainda há jovens nas mãos dos captores.

O grupo jihadista Boko Haram divulgou esta quinta-feira um vídeo que exibia várias dezenas de estudantes. Com o rosto coberto de pó e com escoriações, um dos rapazes disse que era um dos 520 estudantes que tinham sido sequestrados na última semana.

Boko Haram divulga vídeo que diz ser de estudantes raptados na Nigéria

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Centenas de menores foram raptados, no nordeste da Nigéria, durante a madrugada de sábado por uma milícia que, alegadamente, tem fidelidade ao Boko Haram, cuja região de influência está a centenas de quilómetros mais a leste. Este rapto tinha sido, entretanto, reivindicado pelo líder do Boko Haram, Abubakar Shekau.